Peixe Faca Reticulado (Papyrocranus afer)

Papyrocranus afer (Günther, 1868)

Ficha Técnica

Ordem: Osteoglossiformes — Família: Notopteridae

Nomes Comuns: Peixe Faca Reticulado — Inglês: Reticulate knifefish

Distribuição: África, bacia do Níger

Tamanho Adulto: 80 cm (comum 50 cm)

Expectativa de Vida: desconhecido

Comportamento: agressivo

pH: 6.5 a 7.5 — Dureza: —

Temperatura: 24°C a 30°C

Distribuição e habitat

Distribuído na bacia do Níger (próximo ao alto Níger, Benue e Delta do Níger) no Senegal e Gâmbia, bacias do Tano e Prah na Gana e bacias da Cruz e Sanaga a leste do delta do Níger.

Prefere águas calmas com vegetação densa.

Descrição

Como outros membros da família Notopteridae, esta espécie difere do demais Peixes Faca por suas nadadeiras anal e caudal fundidas em uma longa e ondulada nadadeira que corre ao longo da parte inferior do peixe.

P. afer raramente é uma das espécies mais raras do hobby. Quando juvenil não é um peixe vistoso, mas se torna estonteante quando adulto, mas devido seu tamanho e natureza agressiva é recomendado apenas para aquaristas experientes.

Criação em Aquário

Aquário com dimensões mínimas de 200 cm de comprimento e 60 cm de largura desejável.

Um aquário com iluminação moderada e com áreas de plantio denso, pedaços de troncos e raízes é ideal para esta espécie. O movimento da água deve ser mínimo.

Comportamento

Espécie agressiva que deve ser mantida com peixes de mesmo porte e robustos. As espécies que forem coabitar no mesmo aquário devem ser escolhidas criteriosamente. O ideal é criá-lo como pet-fish, ou seja, somente um espécime no aquário.

Quando jovem pode ser mantido em grupos ou aquário comunitário, mas a medida que amadurece vai ficando agressivo e territorial, principalmente com peixes de mesmo formato.

Reprodução

Ovíparo. Sua reprodução é desconhecida em cativeiro.

Dimorfismo Sexual

Desconhecido.

Alimentação

Carnívoro. Em aquário aceitará a maioria dos alimentos vivos e congelados. Sugerimos uma dieta variada incluindo peixes vivos e em filés, camarão, minhocas, entre outros. Embora um tanto difícil, pode aceitar alimentos secos.

Etimologia: Papyrocranus; do grego papiros = ? + grego, kranion = crânio.

SinônimosNotopterus afer, Notopterus afer congensis

Referências

  1. Roberts, T.R., 1992. Systematic revision of the old world freshwater fish family Notopteridae. Ichthyol. Explor. Freshwat.
  2. Robins, C.R., R.M. Bailey, C.E. Bond, J.R. Brooker, E.A. Lachner, R.N. Lea and W.B. Scott, 1991. World fishes important to North Americans. Exclusive of species from the continental waters of the United States and Canada. Am. Fish. Soc. Spec. Publ.
  3. Boulenger, G.A., 1909. Catalogue of the fresh-water fishes of Africa in the British Museum (Natural History). Volume I. Printed by order of the Trustees, London.

Ficha por (Entered by): Edson Rechi — Abril/2018
Colaboradores (collaboration): –

Sobre Edson Rechi 684 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*