Saicanga (Galeocharax knerii)

 

Galeochara-knerii-cachorra

Galeocharax knerii (Steindachner, 1879)

Nome Popular: Saicanga, Cachorra — Inglês: não possui

Família: Characidae (Caracídeos)

Distribuição: América do Sul; alto do rio Paraná

Tamanho Adulto: 30 cm

Expectativa de Vida: desconhecido

Temperamento: Agressivo, predador

Aquário Mínimo: 150 cm X 50 cm X 50 cm (375 L)

Temperatura: 22°C a 28°C

pH: 6.0 a 7.4 – Dureza: desconhecido

Visão Geral

Distribuído no alto do rio Paraná, ocorre em lagoas e represas d’água, poções e estirões próximos a pedras, galhadas e pedreiras.

O Saicanga é um peixe com pequenas escamas, bastante valente e agressivo. Seu corpo é alongado e comprimido lateralmente. Possui uma bonita coloração prateada uniforme intensa e muito brilhosa. Suas nadadeiras dorsal e anal estão localizadas na metade posterior do corpo. Possui focinho longo e boca grande e oblíqua com uma característica marcante: os dentes avantajados e afiados fora da mandíbula são usados para arrancar escamas e pedaços de outros peixes.

Aquário & Comportamento

Sua criação em aquário é incomum. Pode se tornar agressivo frente a outros peixes de mesmo porte se mantido em pequeno espaço. Peixes menores serão comidos.

Preferem aquário com bastante plantas formando zonas sombrias. A decoração do aquário não é crítica para a espécie, mas se mostram mais confiantes quando mantidos em aquário densamente plantado. Pode-se adicionar raízes e rochas.

Reprodução & Dimorfismo Sexual

Ovíparo. A reprodução ocorre geralmente no verão, entre os meses de novembro a maio. Essa espécie costuma migrar grandes distâncias até encontrar uma planície alagada, resultante de enchentes, onde realiza a desova.

Alimentação

Carnívoro. Agressivo, principalmente nas primeiras horas do dia e ao entardecer. Costuma se alimentar de pequenos peixes, insetos aquáticos e terrestres e, ocasionalmente, raízes de vegetais.

EtimologiaGaleocharax; do grêgo galeos = uma espécie de tubarão, em alusão a sua dentição + grego, charax = um peixe marinho

Referências

Lucena, C.A.S. and N.A. Menezes, 2003. Subfamily Characinae (Characins, tetras). p. 200-208. In R.E. Reis, S.O. Kullander and C.J. Ferraris, Jr. (eds.) Checklist of the Freshwater Fishes of South and Central America. Porto Alegre: EDIPUCRS, Brasil.

Ficha por (Entered by): Edson Rechi — Agosto/2016

Sobre Edson Rechi 748 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*