Bagre Americano, Bagre de canal (Ictalurus punctatus)

 

Ictalurus-punctatus

Classificação

Classe: Actinopterygii • Ordem: Siluriformes • Família: Ictaluridae

Nome binomial: Ictalurus punctatus (Rafinesque, 1818)

Sinônimos: Silurus punctatus

Grupo Aquário: Peixes gato (catfish), Bagres, Peixes Jumbo, Predadores

Nomes comuns

Bagre Americano, Bagre de Canal

Inglês: Channel catfish, Graceful catfish, Blue catfish

Distribuição & habitat

América do Norte: Drenagens centrais dos Estados Unidos e sul do Canadá e norte do México

Países: Canadá, México e EUA. Introduzido em diversos países, incluindo o Brasil.

Encontrado em águas profundas. Habitam rios e córregos de água limpa e bem oxigenada, lagos e reservatórios.

Ictalurus-punctatus-map
Mapa por Discover Life

Ambiente & parâmetros da água

Bentopelágico; água doce • pH: 6.0 – 8.0 • Dureza: 4 – 30 • Clima: subtropical; 10°C – 32°C

Tamanho adulto

120 cm (comum 70 cm) • Estimativa de vida: 20 anos +

Manutenção em aquário

Embora atinja um tamanho razoável, possui hábitos sedentários, podendo ser mantido em aquários a partir de 2000L. Tanque deverá estar preferencialmente munido de substrato arenoso com grandes rochas servindo de refúgio, iluminação fraca. Fluxo dos filtros deverá ser forte para criar ambiente lótico e uma boa oxigenação na água, apreciado pela espécie.

Seu comportamento é pacífico, mas se alimentará de qualquer espécie que couber em sua boca, até mesmo espécies com metade de seu tamanho.

Alimentação

Onívoro, essencialmente carnívoro, em seu ambiente natural alimenta-se de Peixes, insetos, moluscos, gastrópodes, crustáceos bentônicos, pequenos mamíferos e secundariamente plantas. Em cativeiro poderá não aceitar alimentos secos, sendo necessário o fornecimento de carnes e alimentos vivos, preferencialmente durante período noturno.

Reprodução e dimorfismo sexual

Ovíparo • Maturidade Sexual: 36 meses +

Estabelece ovos em buracos no substrato. Cerca de 20.000 ovos, eclodem em até 8 dias; larvas nadam livremente após 16 dias. pai cuida da progênie; cuidado parental pode durar pelas próximas semanas. Em estado selvagem durante a primavera e início do verão, se reproduzem em ninho construído pelo macho; fêmeas depositam ovos em um buraco escavado em substrato arenoso, sendo fertilizado e guardado pelo macho até sua eclosão.

Dimorfismo sexual desconhecido.

Galeria de imagens

Ictalurus-punctatus-rep

Ictalurus-punctatus5 Ictalurus-punctatus4

Ictalurus-punctatus3 Ictalurus-punctatus2

Ictalurus-punctatus6

Descrição

Parte superior do corpo apresenta coloração variando entre azulado, cinza ou preto; parte inferior branca; manchas escuras dispersas em seus flancos; machos adultos apresentam cor escura, cabeça grande, barbilhões longos em torno da boca; cauda profundamente bifurcada. Forma albina comum no comércio de aquariofilia. Olhos na metade dorsal da cabeça. Maxilar superior maior que inferior. Jovens podem ter poucas ou muitas manchas pelo corpo.

Esta espécie é bastante apreciada por apresentar carne saborosa e ser um peixe esportivo, sendo o peixe mais importante comercialmente cultivado nos EUA. Motivo o qual foi introduzido em diversas partes do mundo.

Bastante semelhante ao blue catfish (Ictalurus furcatus), mas podem ser facilmente distinguidos um do outro analisando sua nadadeira anal, Channel catfish apresenta nadadeira anal arredondada. Podem se reproduzir com inúmeras outras espécies de peixes gato, como o próprio blue catfish, gerando um grande número de espécies híbridas com diferenças características, que por inúmeras razões são consideradas benéficas.

Possuem olfato e paladar bastante desenvolvidos, possuindo receptores olfativos bastante sensíveis dentro dos poços de suas narinas, identificando vários aminoácidos. Possui ainda papilas gustativas distribuídas sobre a superfície de todo seu corpo e concentrados principalmente nos quatro pares de barbilhões ao redor da boca. Esta combinação permite esta espécie encontrar alimentos em águas escuras ou turvas com relativa facilidade.

Eventualmente pode frequentar ambiente de água salobra.

Referências

  1. Growth and survival of channel catfish (Ictalurus punctatus) and silver catfish (Rhamdia sp) through autumn-winter in Rio Grande do Sul, Brazil- Luciano Sena de Souza, Juvêncio Luís Osório Fernandes Pouey, Sabrina Ortiz de Camargo, Bernardo dos Santos Vaz – Universidade Federal de Pelotas
  2. Avaliação da composição bromatologica do catfish Ictalurus punctatus (Rafinesque, 1818) pós-despesca e após 24hs, 48hs e 72hs de depuração – Simone de Jesus Gonçalves, Mateus Fossi Rodrigues, Douglas Alvaristo Fernandes ,Vinicius Pimenta Sividanes, Marcelo Darós Matielo, Pedro Pierro Mendonça, Samuel Ferreira da Silva
  3. Nelson, J.S., E.J. Crossman, H. Espinosa-Pérez, L.T. Findley, C.R. Gilbert, R.N. Lea and J.D. Williams 2004 Common and scientific names of fishes from the United States, Canada, and Mexico. American Fisheries Society, Special Publication 29, Bethesda, Maryland.
  4. Pérez, J.E., C. Alfonsi, M. Nirchio, C. Muñoz and J.A. Gómez 2003 The introduction of exotic species in aquaculture: a solution or part of the problem? Interciencia. 28(4):234-238.
  5. Bianco, P.G. and V. Ketmaier 2001 Anthropogenic changes in the freshwater fish fauna of Italy, with reference to the central region and Barbus graellsii, a newly established alien species of Iberian origin. J. Fish Biol. 59(Suppl.A):190-208.
  6. Robins, C.R., R.M. Bailey, C.E. Bond, J.R. Brooker, E.A. Lachner, R.N. Lea and W.B. Scott 1991 Common and scientific names of fishes from the United States and Canada. Am. Fish. Soc. Spec. Pub. (20):183 p.

Ficha por (Entered by): Edson Rechi — Abril/2014
Colaboradores (collaboration): –

Sobre Edson Rechi 757 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*