Acará Bandido (Guianacara geayi)

Guianacara geayi (Pellegrin, 1902)

Ficha Técnica

Ordem: Perciformes — Família: Cichlidae (Ciclídeos)

Nomes Comuns: Cará, Acará Bandido — Inglês: Bandit cichlid

Distribuição: América do Sul, bacia Amazônica

Tamanho Adulto: 8 cm (comum 5 cm)

Expectativa de Vida: 5 anos +

Comportamento: pacífico

pH: 6.6 a 7.4 — Dureza: —

Temperatura: 24°C a 28°C

Distribuição e habitat

Distribuído no rio Aproak na Guiana Francesa e rio Oiapoque na Guiana Francesa e Brasil.

Ocorre ao longo de bancos rasos e substrato pedregoso em águas relativamente calmas. Comumente forma haréns.

Descrição

Em seu ambiente natural é encontrado simpatricamente com Ctenoloricaria fowleri, Leporinus despaxi, Hemiodopsis quadrimaculatus e Parodon guyanensis.

Criação em Aquário

Aquário com dimensões mínimas de 80 cm de comprimento e 30 cm de largura desejável.

Preferem águas claras, suaves e ligeiramente ácidas com um substrato de grandes rochas misturadas a áreas arenosas, de modo que devem ser alojados em conformidade no aquário.

Comportamento

Pacífico, pode ser mantido em aquário comunitário. Eventualmente pode comer peixes muito pequenos.

Reprodução

Ovíparo. Desovam em cavernas ou parte inferior de folhas. A fêmea pode colocar 300 a 500 ovos. Os ovos eclodem em até 78 horas. Pais cuidam da progênie, principalmente a mãe.

Foto cedida pelo Museu de História Natural da França

Dimorfismo Sexual

Machos são maiores e mais coloridos, além de apresentarem nadadeira dorsal e anal mais alongadas.

Alimentação

Onívoro, em seu ambiente natural alimenta-se de insetos, pequenos crustáceos, moluscos, entre outros.

Em cativeiro aceitará prontamente alimentos secos e vivos, devendo ser fornecido este último regularmente.

Etimologia: Guianacara, composto de Guyana + Tupí guaraní, acará = nome comum de inúmeras espécies de ciclídeos

SinônimosAcara geayi, Acarichthys geayi, Aequidens geayi

Referências

  1. Brosse, S., G. Grenouillet, M. Gevrey, K. Khazraie and L. Tudesque, 2011. Small-scale gold mining erodes fish assemblage structure in small neotropical streams. Biodivers Conserv (2011)
  2. López-Fernández, H., D.C. Taphorn Baechle and S. Kullander, 2006. Two new species of Guianacarafrom the Guiana Shield of Eastern Venezuela (Perciformes: Cichlidae). Copeia
  3. Kullander, S.O., 2003. Cichlidae (Cichlids). p. 605-654. In R.E. Reis, S.O. Kullander and C.J. Ferraris, Jr. (eds.) Checklist of the Freshwater Fishes of South and Central America. Porto Alegre: EDIPUCRS, Brasil.

Ficha por (Entered by): Edson Rechi — Março/2018
Colaboradores (collaboration): –

Sobre Edson Rechi 684 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*