Barbo de Cinco Listras (Desmopuntius pentazona)

Desmopuntius pentazona (Boulenger, 1894)

Nome Popular: Barbo Cinco Listras — Inglês: Fiveband barb

Ordem: Cypriniformes — Família: Cyprinidae (Cyprinídeos)

Distribuição: Ásia, Península Malaia até Sumatra, na Indonésia

Tamanho Adulto: 5 cm

Expectativa de Vida: 5 anos +

pH: 4.0 a 7.0 — Dureza: 5 a 12

Temperatura: 21°C a 26°C

Aquário Mínimo: 80 cm (comprimento) X 30 cm (largura) – aquário deverá conter preferencialmente plantas, substrato macio, raízes e troncos.

Comportamento: Normalmente pacífico . É uma espécie gregária por natureza devendo ser mantido pelo menos seis espécimes. Mantê-los em numeroso cardume resultará em uma exibição de seu comportamento natural e cores mais realçadas.

Compatibilidade: Pode ser mantido em aquário comunitário com peixes de porte semelhante.

Alimentação: Alimenta-se de vermes, pequenos crustáceos, insetos e material vegetal. Em aquário aceitará prontamente alimentos secos e vivos.

Reprodução: Ovíparo, similar a outros barbos, após ritual de acasalamento com macho se exibindo para fêmea, ela dispersará ovos livres próximo ao substrato ou entre plantas, que serão fecundados em seguida pelo macho. Larvas eclodem em até 48 horas e nadam livremente após 24 à 48 horas. Pais não exibem cuidado parental e podem comer alevinos.

Dimorfismo Sexual: Os machos adultos são perceptivelmente menores, mais magros e mais coloridos do que as fêmeas, sendo este último mais perceptível nos indivíduos nupciais.

Biótopo: Frequentemente ocorrem em águas negras (blackwater), assim como águas paradas em áreas com gramíneas submersas ou plantas aquáticas e densa vegetação ribeirinha. A água em si é tipicamente manchada de marrom com ácidos húmicos e outros produtos químicos liberados por material orgânico em decomposição, conteúdo mineral dissolvido é geralmente insignificante e pH tão baixo quanto 3,0 ou 4,0. Substratos são geralmente cheios de folhas caídas, galhos e raízes de árvores submersas, embora em alguns lugares possam ser encontradas plantas aquáticas de gêneros como Cryptocoryne ou Barcalaya..

EtimologiaDesmopuntius, do grego desmotes, que significa ‘prisioneiro’, e o nome genérico Puntius, em referência ao padrão de cor barrado nas espécies. Pentazona, do grego pénte, que significa ‘cinco’, e do latim zona, que significa ‘zona’, em referência ao padrão de cor desta espécie.

Sinônimos: Systomus pentazona, Puntius pentazona, Capoeta pentazona, Barbus pentazona pentazona, Barbus pentazona

Informações adicionais: Sua distribuição é tida como Rio Baram, estado de Sarawak, Bornéu, Malásia Oriental.

Esta espécie é rara no caquarismo, sendo estreitamente relacionado D. hexazonaOs dois são quase idênticos em sua aparência e merística, mas podem ser separados pelo fato de que D. pentazona possui uma pequena marcação escura na base posterior da nadadeira dorsal que está ausente em D. hexazona.

Este último também é mais amplamente distribuído, com uma faixa que inclui o sul de Bornéu (incluindo o sul de Sarawak), Sumatra e a Península Malaia.

Referências:

  1. Schliewen, U.K., 1992. Aquarium fish. Barron’s Education Series, Incorporated. 159 p.
  2. Kottelat, M., A.J. Whitten, S.N. Kartikasari and S. Wirjoatmodjo, 1993. Freshwater fishes of Western Indonesia and Sulawesi. Periplus Editions, Hong Kong.

Ficha por (Entered by): Edson Rechi — Julho/2018
Colaboradores (collaboration): –

Sobre Edson Rechi 696 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*