Nova espécie de peixe é descoberta no Maranhão

Hyphessobrycon piorskii é endêmico de rios próximos dos Lençóis Maranhenses

Uma nova espécie de peixe foi encontrada na área dos Lençóis Maranhenses, no Maranhão. O Hyphessobrycon piorskii foi descrito em um artigo científico publicado na revista ZooKeys. Este seria um peixe endêmico dos rios Preguiças e Munim.

Segundo o ICMBio, o Parque dos Lençóis Maranhenses é a única unidade de conservação de proteção integral na área de ocorrência da espécie.

“O nome do peixe homenageia o professor, doutor Nivaldo Magalhães Piorski, pela sua contribuição no conhecimento ictiológico do estado do Maranhão. O professor Nivaldo, inclusive, participou da elaboração do Plano de Manejo do Parque de Lençóis Maranhenses em 2002”, informa o órgão ligado ao Ministério do Meio Ambiente.

Em seu artigo, o pesquisador resume: “essa nova espécie é membro do grupo Hyphessobrycon sensu stricto, já que possui os três principais estados de caracteres diagnósticos desse agrupamento: presença de uma mancha marrom escura ou negra na nadadeira dorsal, ausência de uma faixa lateral no meio do flanco e a posição do aparelho de Weber localizado acima da horizontal da margem dorsal do opérculo”.

O gênero Hyphessobrycon possui diversas espécies apreciadas por aquaristas.

O nome da espécie homenageia o professor, doutor Nivaldo Magalhães Piorski, pela sua contribuição no conhecimento ictiológico do estado do Maranhão. O professor Nivaldo, inclusive, participou da elaboração do Plano de Manejo do Parque de Lençóis Maranhenses em 2002.

Publicado em Junho/2018

Sobre Edson Rechi 661 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

2 Comentário

  1. Olá,Luciano. Nas minhas pesquisa mantive eles no aquario por alguns minutos, para selecionar individuos para fotografar. E te digo, fica muito bonito.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*