Goby (Awaous flavus)

 

Awaous flavus (Valenciennes, 1837)

Nome Popular: Goby

Ordem: Perciformes — Família: Gobiidae (Gobídeos)

Distribuição: América do Sul, desde rio Atrato na Colômbia até a foz do Rio Amazonas no Brasil

Tamanho Adulto: 8.2 cm

Expectativa de Vida: desconhecido

pH: 6.0 a 8.0 — Dureza: 9 a 19

Temperatura: 24°C a 28°C

Aquário Mínimo: 80 cm X 30 cm X 40 cm (96 L) — Exige água bem oxigenada. O substrato deverá ser preferencialmente arenoso e a decoração composta por troncos ou pedras formando cavernas e refúgios.

Comportamento & Compatibilidade: Apresenta comportamento pacífico com outras espécies, sendo os machos territorialistas e agressivos entre si. Deve ser mantido com peixes de porte semelhante e de mesmas exigências.

Alimentação: Alimenta filtrando o substrato ou capturando presas seletivamente. Em cativeiro precisa de uma variedade de pequenos alimentos vivos ou congelados como Daphnia, Cyclops, bloodworm, larvas de mosquito e camarões. Dificilmente aceitam alimentos secos.

Reprodução: Ovíparo. Observações do comportamento de corte e da desova ocasionais existem, porém sem relatos concretos de sua reprodução em cativeiro.

Dimorfismo Sexual: Fêmeas são ligeiramente menores e possuem região ventral mais roliça.

Biótopo: Ocorre em estuários e deltas de rios sobre fundo arenoso ou lamoso. Sua morfologia adaptativa faz com que possua uma grande tolerância na variação de salinidade, temperatura, oxigênio dissolvido e turbidez da água.

Etimologia:

Sinônimos: Awaous decemlineatus, Gobius kraussii, Euctenogobius strigatus, Euctenogobius badius, Gobius flavus

Informações adicionais: Distribuído desde o rio Atrato na Colômbia até a foz do rio Amazonas no Brasil. No Brasil é relativamente comum ocorrendo nos estados do Amazonas e Pará.

Referências:

  • Watson, R.E. and H. Horsthemke, 1995. Revision of Euctenogobius, a monotypic subgenus of Awaous, with discussion of its natural history (Teleostei: Gobiidae). Rev. Fr. Aquariol.
  • Menezes, N.A., P.A. Buckup, J.L. Figueiredo and R.L. Moura, 2003. Catálogo das espécies de peixes marinhos do Brasil. São Paulo. Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo
  • Kullander, S.O., 2003. Gobiidae (Gobies). p. 657-665. In R.E. Reis, S.O. Kullander and C.J. Ferraris, Jr. (eds.) Checklist of the freshwater fishes of South and Central America. Porto Alegre: EDIPUCRS, Brasil.

Ficha por (Entered by): Edson Rechi — Dezembro/2018
Colaboradores (collaboration): —

Sobre Edson Rechi 785 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*