Rasbora Somphongs’s (Trigonostigma somphongsi)

 

trigonostigma-somphongsi

Trigonostigma somphongsi (Meinken, 1958)

Nome Popular: Rasbora Somphongs’s

Família: Cyprinidae (Ciprinídeos)

Distribuição: Ásia, endêmico da bacia Mae Khlong na Tailândia

Tamanho Adulto: 3 cm

Expectativa de Vida: 3 anos

Temperamento: Pacífico, comunitário

Aquário Mínimo: 60 cm X 30 cm X 30 cm (54 L)

Temperatura: 22°C a 28°C

pH: 5.0 a 7.0 – Dureza: 8 a 12

trigonostigma-somphongsi2

Visão Geral

Endêmico da Tailândia Ocidental, na bacia Mae Klong. Ocorre em riachos em meio a densa vegetação aquática. Em algumas regiões a água apresenta leve coloração marrom devido à presença de taninos e outros ácidos liberados pela decomposição de matéria orgânica através de folhas caídas, raízes e outros. Este ambiente é caracterizado por apresentar água ácida e dureza macia.

Esta espécie é rara na natureza sendo considerada potencialmente extinta por muitos anos. Em 2006 um trio da espécie chegou até a Alemanha em meio a um lote de Boraras urophthalmoides. Desde então, tem sido reproduzido com sucesso por inúmeros especialistas na Tailândia e Alemanha.

A possibilidade de reintrodução em seu ambiente natural permanece um pouco distante, devido à falta de conhecimento sobre o habitat das espécies e as razões por trás seu declínio.

Aquário & Comportamento

A decoração do aquário é indiferente para a espécie, porém mostram comportamento mais natural em aquário com presença de densa vegetação e raízes.

É um peixe muito tranquilo e pacífico, devendo ser mantido em cardume de pelo menos dez indivíduos para não ficarem tímidos no aquário, além de mostrarem seu comportamento natural sob esta condição e os machos apresentarem coloração mais vibrante para chamar atenção das fêmeas. Devido seu tamanho diminuto se torna ideal para aquário plantado com outros peixes de mesmo porte e pacíficos.

trigonostigma-somphongsi3

Reprodução & Dimorfismo Sexual

Ovíparo. Sua reprodução é como todo pequeno ciprinídeo. A fêmea irá disseminar ovos no substrato ou folhas e o macho irá fecundar em seguida. Não ocorre cuidado parental e os alevinos eclodem em até dois dias permanecendo no saco vitelínico. Em 24h estarão nadando livremente. Não ocorre cuidado parental.

O dimorfismo sexual é evidente, com fêmeas sendo maiores e mais esbeltas que os machos. Machos maduros e dominantes desenvolvem coloração alaranjada, as fêmeas permanecem com a coloração tipica amarelada.

Alimentação

Em seu ambiente natural se alimenta de insetos, vermes e crustáceos. Em cativeiro aceitará prontamente alimentos secos e vivos.

EtimologiaTrigonostigma do grego, tres, tria = três + grego, gonial = ângulo, canto + estigma (grego) = sinal.

Referências

  1. Kottelat, M. and K.E. Witte, 1999. Two new species of Microrasbora from Thailand and Myanmar, with two new generic names for small Southeast Asian cyprinid fishes (Teleostei: Cyprinidae). J. South Asian Nat. Hist.
  2. Monkolprasit, S., S. Sontirat, S. Vimollohakarn and T. Songsirikul, 1997. Checklist of Fishes in Thailand. Office of Environmental Policy and Planning, Bangkok, Thailand
  3. Vidthayanon, C., 2005. Thailand red data: fishes. Office of Natural Resources and Environmental Policy and Planning, Bangkok, Thailand.
  4. The first record of Trigonostigma somphongsi(Meinken,1958), a critically endangered species, in its natural habitat of Thailand (Cypriniformes Cyprinidae) – Nidsaraporn Petsut, Nonn Panitvong, Sitthi Kulabtong, Jirawaeth Petsut & Chirachai Nonpayom

Ficha por (Entered by): Edson Rechi — Novembro/2016

Sobre Edson Rechi 769 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*