Tricogaster Amarelo (Trichogaster trichopterus)

 

Trichogaster trichopterus (Pallas, 1770)

Foto de Aquarius Canada

Nome Popular: Tricogaster Amarelo — Inglês: Gold gourami

Ordem: Perciformes   — Família: Osphronemidae

Distribuição: Ásia

Tamanho Adulto: 15 cm

Expectativa de Vida: 5 anos +

pH: 6.0 – 7.4 — Dureza: 5 – 19

Temperatura: 22°C a 30°C

Aquário Mínimo: 80 cm comprimento X 30 cm largura — Apreciam aquário com bastante plantas altas formando refúgios.

Comportamento & Compatibilidade: Seu comportamento poderá variar de indivíduo para indivíduo, embora seja muitas vezes considerado pacífico e recomendado para aquário comunitário. Alguns indivíduos podem se tornar agressivos a medida que amadurecem, principalmente quando mantido em aquário de pequeno porte ou com poucas plantas. No geral não costumam tolerar outros Gouramis no mesmo aquário, principalmente machos, exceto se o aquário tiver espaço suficiente para abrigá-los. Frente a outras espécies de peixes de tamanho similar costumam ser sociáveis.

Alimentação: Onívoro, em seu ambiente natural alimenta-se principalmente de pequenos invertebrados, ostracodes, copépodes, larvas de insetos, detritos e secundariamente algas e plantas. Em cativeiro aceitará prontamente a maioria dos alimentos fornecidos.

Reprodução: Ovíparo. Macho constrói ninho de bolhas rente a superfície e costuma reunir ovos colocando-os no ninho. Pai protege as larvas até que eclodam e estejam nadando livremente. Ovos eclodem em até 36h dependendo da temperatura.

Dimorfismo Sexual: Machos apresentam nadadeira dorsal maior e mais pontiagudas do que as fêmeas. Fêmeas possuem abdômen mais volumoso.

Biótopo: Ocorre em lago, valas, pântanos e brejos, sempre com densa presença de vegetação aquática. Realiza migrações para áreas inundadas em épocas de cheias e retorna para corpos de águas permanentes no início da estação da seca.

Etimologia: —

Sinônimos: Osphromenus insulatus, Nemaphoerus maculosus, Osphromenus siamensis, Stethochaetus biguttatus, Trichopus sepat, Labrus trichopterus

Informações adicionais:

A coloração desta espécie poderá variar, uma vez que existem variedades obtidas seletivamente em cativeiro. As variedades mais comuns são a azul com três manchas, amarela, mármore e prata. A variedade amarela é uma subespécie do Trichogaster azul.

Suas nadadeiras peitorais possuem células sensoriais que os ajudam a navegar e encontrar alimento.

Podem respirar oxigênio atmosférico através de seu órgão acessório conhecido como labirinto. Este órgão é formado por uma modificação no primeiro arco branquial, altamente vascularizado e ricamente irrigado por vasos sanguíneos, que faz com que o ar passe bem próximo da corrente sanguínea, proporcionando a troca de oxigênio com o sangue por meio de difusão.

A estrutura do órgão varia de complexidade entre as espécie , tendendo a ser mais desenvolvido em espécimes que habitam ambiente privado de oxigênio.

É um dos peixes mais resistentes e comum no comércio de aquarismo podendo se adaptar a diversas condições de água.

Referências:

  1. Robins, C.R., R.M. Bailey, C.E. Bond, J.R. Brooker, E.A. Lachner, R.N. Lea and W.B. Scott, 1991. World fishes important to North Americans. Exclusive of species from the continental waters of the United States and Canada. Am. Fish. Soc. Spec. Publ.
  2. FAO-FIES, 2014. Aquatic Sciences and Fisheries Information System (ASFIS) species list. Retrieved from http://www.fao.org/fishery/collection/asfis/en, April 2014.
  3. Riehl, R. and H.A. Baensch, 1991. Aquarien Atlas. Band. 1. Melle: Mergus, Verlag für Natur-und Heimtierkunde, Germany.
  4. Baird, I.G., V. Inthaphaisy, P. Kisouvannalath, B. Phylavanh and B. Mounsouphom, 1999. The fishes of southern Lao. Lao Community Fisheries and Dolphin Protection Project. Ministry of Agriculture and Forestry, Lao PDR.

Ficha por (Entered by): Edson Rechi — Novembro/2019
Colaboradores (collaboration): —

Sobre Edson Rechi 772 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*