Tipos de aquários, qual mais lhe agrada?

 

Autor: Edson Rechi – Maio/2013

Comumente o aquarista pode ficar em dúvida em qual o tipo de aquário montar. Este artigo fornecerá algumas ideais de montagens mais comuns.

Qualquer recipiente, limpo e vedado, pode ser utilizado para alojar animais aquáticos. Por motivo estético, os mais comuns são os aquários de vidro ou acrílico e podem ter diversos formatos. A diferença do aquário de acrílico está justamente no preço final, possuindo um custo maior e são mais fáceis de riscar, porém distorcem menos (refração) e são mais leves sem água.

A escolha do tamanho do aquário abrange inúmeros fatores, como a quantidade e tipos de peixes que pretende ter, espaço onde o aquário ficará localizado, disponibilidade financeira, esposa ou pais compreensivos, entre outros.

Procure adquirir um aquário de no mínimo 50 litros para começar. Lembre-se, quanto maior o porte do aquário mais estável ele será devido o maior volume de água, ficando mais fácil para manter o sistema equilibrado, além de abrigar mais peixes.

É importante analisar previamente os peixes pretendido, como em qual região do aquário costuma frequentar, se é muito ativo ou territorialista, qual tamanho ficará quando adulto, fica melhor em cardume ou sozinho, entre outros fundamentos importantes. Regra geral é preferível possuir aquário com um bom comprimento e largura. A altura poderá variar de acordo com o hábito do peixe, sendo interessante um mínimo de 30cm a 40cm, dependendo do comprimento do aquário. Aquário muito alto dificulta sua manutenção caso o aquarista tenha uma baixa estatura. Aquários que possuem altura acima de 60cm poderá exigir lâmpadas específicas, devido a profundidade do mesmo.

Antes de comprar o aquário, certifique-se ainda que a espessura dos vidros são ideais para aquele porte de aquário, se estão muito bem travados ou o silicone não está ressecado, em caso de adquirir um aquário de segunda mão. Pesquise bastante antes de comprar, os preços costumam variar bastante, desde os vidros até o móvel. Os formatos mais indicados são os aquários de formato retangular, cubo, vidros curvos ou sextavados. Dispense aquário fora deste padrão, como o comum aquário globo (bola).

Para obter o volume real de água que cabe no aquário, não esqueça de descontar o volume ocupado pela decoração, substrato e equipamentos. Uma base é descontar 15% do volume calculado. Para saber a litragem, basta multiplicar suas dimensões e dividir o resultado por mil.

Tipos de aquários

Basicamente consiste em três tipos: água doce (dulcícola), água salobra (brackish) ou de água salgada (marinho). Dentro deste três tipos de água existem inúmeros tipos de montagens que você poderá se deparar. Destacamos algumas mais populares entre os aquaristas:


aqua-comunitarioAquário comunitário
: conjunto de espécies de peixes (e plantas) variados. O ambiente criado suporta peixes e plantas de inúmeras partes do mundo, como peixes americanos misturados com asiáticos por exemplo. Importante ressaltar que embora sejam de origens diferentes, as características da água deverá ser compatível de acordo com as exigências das espécies.

.

.

.


aqua-jumboAquário de peixe jumbo
: aquários de grande porte (300L +), que abriga peixes considerados jumbo, ou seja, peixes de médio a grande porte. A mistura destes peixes deverá ser criteriosa, uma vez que podem ser agressivos e são predadores em sua maioria. A escolha do tamanho do aquário também é importante, devendo ser levado em conta o tamanho adulto destes peixes.

.

.

.


aqua-biotopeAquário temático/biotopo
: conjunto de peixes, plantas e elementos decorativos de determinada região, ou parte de um determinado ambiente, são utilizados neste tipo de montagem, obedecendo fielmente a flora, fauna, decoração e condições físico-químicas da água da região escolhida. Ex. Temático Amazônico, Rio Negro, Mangue, Rios Asiáticos, Lagos Africanos.

.

.

.


aqua-brackishAquário de água salobra:
como o próprio nome sugere, a água é salobra e engloba um conjunto de fauna e flora que vivem neste ambiente. As montagens mais comuns simulam mangues, estuários e rios de água salobra. É um tipo de montagem pouco usual, mas bastante interessante, principalmente pela riqueza que estes ecossistemas representam e sua particularidade.

.

.

.


aqua-monoAquário mono espécie:
montagem destinada a criação de uma única espécie de peixe. Ex. Aquário de Discos, Kinguios, Lebistes, Killifish, etc. O mesmo não vale para a flora, onde se utiliza diversas espécies de plantas (variável).

.

.

.


aqua-plantadoAquário plantado
: de longe o mais atraente aquário dulcícola. Exige um pouco mais de manutenção que os aquários comuns, mas são vistos como verdadeiras obras de arte do aquarismo. A montagem consiste em manter com sucesso a criação de plantas aquáticas, embora poderá manter peixes ou invertebrados, desde que compatíveis com as plantas. Muitas vezes os peixes costumam ser coadjuvantes neste tipo de montagem, onde o aquarista foca mais no layout do aquário, por vezes baseado em algumas regras de aquapaisagismo.
.
.


aqua-lowtechAquário com plantas ou low-tech
: aquário com plantas costuma ser “diferente” comparado a um aquário plantado, embora a definição de ambos podem soar iguais. O segundo possui equipamentos e produtos destinados a criação de diversos tipos de plantas aquáticas, incluindo plantas exigentes, enquanto o aquário com plantas não utiliza toda tecnologia indispensável a um aquário plantado, normalmente sendo mantido somente plantas mais resistentes. Esta definição também é válida para aquários “low-tech”, onde a iluminação costuma ser moderada, raramente se utiliza substrato fértil e injeção de CO2, ou seja é um aquário com pouca tecnologia. As plantas podem ser secundárias neste tipo de montagem.
.
.


aqua-africanAquário de ciclídeos africanos
: o ambiente criado neste tipo de montagem é próprio para a criação exclusiva de ciclídeos africanos, principalmente dos grandes lagos Malawi, Vitória e Tanganika. Água dura e alcalina, muitas rochas, peixes escolhido criteriosamente devido a inúmeras incompatibilidades. É visto muitas vezes como um falso marinho, devido as cores dos peixes muitas vezes serem semelhantes a dos peixes marinhos.

.

.


aqua-reefAquário marinho
: Conjunto de peixes, invertebrados, corais, rochas e outros seres. O ambiente criado, como o nome sugere, se restringe a manutenção de seres marinhos. São de longe os aquários mais chamativos. Embora este guia seja restrito a aquários de água doce, vale destacar este tipo de montagem.

.

.

 .

.

Sobre Edson Rechi 759 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*