Sarrapu (Steatogenys duidae)

 

steatogenys-duidae2

Steatogenys duidae (La Monte, 1929)

Nome Popular: Sarrapu — Inglês: Centipede Knife Fish

Ordem: Gymnotiformes — Família: Hypopomidae (Hypopomídeos)

Distribuição: América do Sul, Brasil e Venezuela

Tamanho Adulto: 20 cm

Expectativa de Vida: 10 anos

Temperamento: pacífico, predador

Aquário Mínimo: 100 cm X 40 cm X 50 cm (xxL)

Temperatura: 23°C a 28°C

pH: 6.0 a 7.2Dureza: 5 a 10

Espécime coletado na Fazenda Dimona (Manaus 2003)
Espécime coletado na Fazenda Dimona (Manaus 2003)

Visão Geral

Descrito por La Monte em 1929, são encontrados no rio Amazonas e seus afluentes na América do Sul. Ocorre em ambiente levemente lótico ou em florestas inundadas durante a estação chuvosa.

Apresenta corpo longo, nadadeira dorsal ausente e nadadeira anal extremamente longa. Coloração básica castanha clara com manchas irregulares por todo seu corpo.

Contem um órgão que lhe permite gerar um campo elétrico fraco em torno de seu corpo. Este campo elétrico ajuda a identificar objetos na água, além de lhe fornecer orientação espacial e identificar potenciais presas e outros objetos na água. Os machos usam uma comunicação “estereotipada” elétrica para cortejar fêmeas.

Aquário & Comportamento

Espécie de hábito noturno, o aquário deverá ter substrato preferencialmente arenoso com áreas mal iluminadas servindo de refúgio ou tocas formadas por raízes ou rochas para este propósito, uma vez que se trata de uma espécie de hábitos noturnos e passará a maior parte do dia escondido. Preferem águas bem oxigenadas.

De comportamento pacífico dificilmente incomodará outros peixes, embora poderá comer peixes menores. A escolha dos companheiros que habitaram o mesmo aquário deverá ser criteriosa, devendo optar por peixes de tamanho médio, pacíficos e de natação lenta.

Uma atividade excessiva no aquário, normalmente causada por peixes rápidos ou agressivos, poderá desencorajá-lo de se alimentar. Poderá ser criado sozinho ou em grupos de cinco ou mais indivíduos. São bastante sensíveis às mudanças bruscas nos parâmetros da água.

É um peixe gregário e se mantido isolado será extremamente tímido. No entanto, são territoriais se mantidos em números inadequados. Como um grupo, eles vão constantemente brigar para estabelecer uma ordem hierárquica, porém mantendo 6 ou mais indivíduos dissipará as disputas.

Reprodução & Dimorfismo Sexual

Ovíparo. Sua reprodução em cativeiro é desconhecida, assim como seu dimorfismo sexual.

Alimentação

Onívoro, em seu ambiente natural alimenta-se de pequenos crustáceos, vermes, insetos e pequenos peixes. Em cativeiro aceitarão somente alimentos vivos, mas podem ser treinados para comer alimentos secos e alternativos como camarões e filé de peixes.

EtimologiaSteatogenys; steatos (Grego) = gordura dura + genys, yos (grego) = mandíbula

Referências

  1. Mago-Leccia, F., 1994. Electric fishes of the continental waters of America. Fundacion para el Desarrollo de las Ciencias Fisicas, Matematicas y Naturales (FUDECI), Biblioteca de la Academia de Ciencias Fisicas. Matematicas y Naturales, Caracas, Venezuela.
  2. Albert, J.S., 2003. Hypopomidae (Bluntnose knifefishes). p. 494-496. In R.E. Reis, S.O. Kullander and C.J. Ferraris, Jr. (eds.) Checklist of the Freshwater Fishes of South and Central America. Porto Alegre: EDIPUCRS, Brasil.
  3. Toledo-Piza, M., 2002. Peixes do Rio Negro (Fishes of the Rio Negro: Alfred Russel Wallace (1980-1952)). To be filled.

Ficha por (Entered by): Edson Rechi — Dezembro/2016
Colaboradores (collaboration): –

Sobre Edson Rechi 769 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*