Gorgeous hap (Protomelas similis)

 

Protomelas similis (Regan, 1922)

Foto de Aquahaus-Gaus – www.aquahaus-gaus.de

Nome Popular: Gorgeous hap

Ordem: Perciformes — Família: Cichlidae (Ciclídeos)

Distribuição: Endêmico do Lago Malawi

Tamanho Adulto: 18 cm

Expectativa de Vida: 8 anos +

pH: 7.8 a 8.6 — Dureza: –

Temperatura: 24°C a 28°C

Aquário Mínimo: 100 cm comprimento X 40 cm largura — Para manter um harém com um macho e diversas fêmeas considere aquário com pelo menos 100 cm de comprimento, para aquário comunitário mínimo de 150 cm. O aquário para a espécie, assim como para a maioria dos ciclídeos africanos, deverá conter inúmeras rochas formando um paredão rochoso para se refugiarem e demarcarem território. Deixe algum espaço livre para nadarem.

Comportamento & Compatibilidade: Apresenta agressividade mediana com outras espécies de ciclídeos, com os da mesma espécie tem comportamento bastante agressivo.

Alimentação: Herbívoro. Alimenta-se essencialmente de algas e secundariamente de macrófitas. Em aquário deve ser fornecido alimentação rica em matéria vegetal.

Reprodução: Ovíparo. O acasalamento ocorre num local escolhido previamente pelo casal e o macho atrai a fêmea num ritual de movimentos. A fêmea depositará os ovos no solo e o macho fertilizará em seguida. Incubadores bucais, a fêmea guardará os ovos na boca até que eclodam e estejam nadando livremente.

Dimorfismo Sexual: Machos são mais coloridos com coloração azul na região da cabeça e tons avermelhados nas nadadeiras. A nadadeira anal é escura com as pontas em tons alaranjados. Fêmea não possui coloração e apresenta uma linha escura transversal.

Biótopo: Habita áreas com vegetação rasa.

Etimologia: Protomelas, do grego, protos = o primeiro + grego, melas, melanos = preto

Sinônimos: Cyrtocara similis, Haplochromis similis

Informações adicionais: Encontrado por todo o lago Malawi. Estão quase sempre associados a bancos de planta Vallisneria sp., onde se alimentam destas plantas com a ajuda dos seus dentes bicúspides bem afiados. Os machos fazem os seus ninhos no meio das Vallisnerias. Pertence a um grupo conhecido como ciclídeos pavões (peacock cichlid) ou Haps.

Referências:

  • Maréchal, C., 1991. Protomelas. p. 387-393. In J. Daget, J.-P. Gosse, G.G. Teugels and D.F.E. Thys van den Audenaerde (eds.) Check-list of the freshwater fishes of Africa (CLOFFA). ISNB, Brussels; MRAC, Tervuren; and ORSTOM, Paris.
  • Eccles, D.H. and E. Trewavas, 1989. Malawian cichlid fishes: the classification of some haplochromine genera. Lake Fish Movies, West Germany.
  • Informações parcialmente obtidas em ciclídeos.com

 

Ficha por (Entered by): Edson Rechi — Julho/2020
Colaboradores (collaboration): —

Sobre Edson Rechi 827 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*