O fenômeno do peixe que “cospe” luz

 

Fonte: BBC

peixe-cospe-luz-noticias

Na verdade, esse é um título que não representa 100% a realidade, assim como a imagem. O incrível feixe luminoso produzido próximo à boca do Peixe cardeal que aparece na imagem não é produzida pelo próprio animal: trata-se de um mecanismo de defesa de um pequeno crustáceo chamado ostracoda, um zooplâncton do qual se alimentam esses peixes.

A oceanógrafa Helen Czerski conseguiu capturar o momento em que os ostracodas lançam o composto químico que gera a luz, no intuito de escaparem de seus algozes submarinos. O peixe-cardeal engole o ostracoda, mas, logo em seguida o cospe, dando a impressão de que é o peixe que produz a luz. Ao ser atacado, o crustáceo libera uma substância que emite uma luz poderosa.

Será uma bioluminescência tóxica para o peixe? Não, mas se ele a engolir, seu corpo brilhará por um tempo como uma lanterna no meio de uma penumbra submarina, o que tornará mais visível para seus próprios predadores naturais. Por precaução, o peixe cospe o ostracoda que tentou comer e se refugia para um lugar mais escuro, de modo a não ser visto.

Para ver o vídeo do peixe em ação, clique aqui.

 

Sobre Aquarismo Paulista 90 Artigos
Visamos o fortalecimento dos amantes deste hobby, para que possamos promover a divulgação do aquarismo responsável através de nosso grupo no Facebook e site, além de promover encontros e eventos relacionados. O foco do grupo Aquarismo Paulista é abranger todas as vertentes do aquarismo e aquaristas de todos os níveis.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*