Estudo sugere que o Aruanã asiático é o peixe moderno “mais primitivo”

 

aru-asian2

Os resultados de um novo estudo contradiz alguns dos pontos de vista sobre a árvore genealógica dos peixes…

Um grupo de pesquisa, liderado por uma universidade da Malásia, sequenciou com sucesso o genoma de um peixe malaio: o Aruanã asiático, Scleropages formosus.

De acordo com o Prof. Christopher M. Austin, líder da pesquisa: “O Aruanã pertence a um grupo muito antigo de peixe, poderiam ser chamados de fóssil vivo. Uma das coisas que estamos interessados ​​é… onde ele se encaixa na árvore familiar dos peixes? Nosso estudo realmente contradiz alguns pontos de vista sobre a árvore genealógica dos peixes”.

“Cada espécie carrega sua história genealógica em seu DNA. Usando o sequenciamento genético e métodos de bioinformática, nós podemos reconstruir o caminho da evolução com precisão considerável”.

“Nosso estudo indica que o Aruanã é o mais primitivo entre os peixes modernos (teleósteos)”, disse Prof. Austin e continua. “A posição evolutiva do Aruanã foi contestada na literatura científica – seria a Aruanã ou as Enguias a forma mais primitiva atualmente? Algumas publicações recentes sugeriram as enguias, mas nossa publicação sugere o Aruanã, que se iguala com estudos científicos mais tradicionais”.

“Sua aparência não mudou muito ao longo de um período de tempo geológico muito longo e estamos falando de milhões e milhões de anos. Mas só porque você é primitivo não significa que você está obsoleto”.

Ele também adverte: “Não podemos inteiramente dizer que o Aruanã é um peixe primitivo toda a volta, porque não é. O fato de que produz um pequeno número de grandes ovos e que os machos cuidam dos ovos é na verdade um comportamento moderno por exemplo.”

Ele compara Aruanãs aos tubarões, outro peixe que apresenta características primitivas, mas que tem sobrevivido há milhões de anos.

Este é o primeiro genoma de peixes da Malásia para ser sequenciado e a primeira alcançada por uma universidade da Malásia.

A equipe de pesquisa espera aplicar o novo conhecimento genético para ajudar a melhorar a produção de Aruanã na aquicultura. S. formosus permanece uma espécie criticamente ameaçada em seu estado natural.

O estudo está publicado na revista Genome Biology and Evolution.

Fonte: PFK England / Tradução e adaptação Edson Rechi

Sobre Aquarismo Paulista 91 Artigos
Visamos o fortalecimento dos amantes deste hobby, para que possamos promover a divulgação do aquarismo responsável através de nosso grupo no Facebook e site, além de promover encontros e eventos relacionados. O foco do grupo Aquarismo Paulista é abranger todas as vertentes do aquarismo e aquaristas de todos os níveis.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*