Ciclídeo Haitiano (Nandopsis haitiensis)

Nandopsis haitiensis  (Tee-Van, 1935)

Variedade “big hump”, vide corcova bastante realçada em sua cabeça

Nome Popular: Ciclídeo Haitiano — Inglês: Haitian cichlid, Black nasty

Ordem: Perciformes — Família: Cichlidae (Ciclídeos)

Distribuição: América Central, endêmico de Hispaniola (Haiti e República Dominicana)

Tamanho Adulto: 21 cm

Expectativa de Vida: 8 anos +

pH: 6.6 a 8.0 — Dureza: —

Temperatura: 24°C a 28°C

Aquário Mínimo: 100 cm de comprimento X 40 cm de largura — considere um aquário deste porte para um casal formado. O aquário deve contar preferencialmente com várias rochas e raízes, além de substrato preferencialmente arenoso e macio.

Comportamento & Compatibilidade: Ciclídeo extremante agressivo e voraz devendo ser mantido preferencialmente em aquário mono-espécie. Se pretende manter em aquário comunitário, certifique-se de criar  junto com ciclídeos agressivos e peixes bem maiores, além do aquário possuir bastante espaço (600L +).

Alimentação: Onívoro com tendência a herbívoro. Naturalmente alimenta-se de algas, plantas aquáticas e bivalves. Em aquário aceitará prontamente alimentos secos e vivos, devendo ser fornecido regularmente alimentos vegetais e spirulina.

Reprodução: Ovíparo, produzem até 200 ovos adesivos em superfícies planas de rochas, raízes ou plantas, que eclodem em até três dias. Pais guardam os alevinos até que estejam nadando livremente. 

Dimorfismo Sexual: A medida que atinge a maturidade, os machos apresentam corpo com coloração esbranquiçada com manchas pretas. As fêmeas possuem rosto branco com uma coloração primariamente preta.

Biótopo: Ocorre em lagos e riachos. Largamente encontrado solitariamente ou em casal, raramente em grupos. Comumente em associação com poecilídeos e Agonostomus monticola. Os adultos nadam águas abertas se refugiando em fendas de rochas quando perseguidos, enquanto peixes jovens são comumente encontrados em meio a densa vegetação aquática.

Etimologia: —

Sinônimos: Nandopsis vombergae, Cichlasoma vombergi, Cichlasoma haitiense, Cichlasoma haitiensis

Informações adicionais: Ocasionalmente pode ser encontrado em água salobra.

Casal formado, fêmea a esquerda
Espécime juvenil de Nandopsis haitiensis

Referências:

  • Chakrabarty, P., 2006. Taxonomic status of the Hispaniolan Cichlidae. Occasional Papers of the Museum of Zoology University of Michigan
  • Kullander, S.O., 2003. Cichlidae (Cichlids). p. 605-654. In R.E. Reis, S.O. Kullander and C.J. Ferraris, Jr. (eds.) Checklist of the Freshwater Fishes of South and Central America. Porto Alegre: EDIPUCRS, Brasil.

Ficha por (Entered by): Edson Rechi — Agosto/2018
Colaboradores (collaboration): –

Sobre Edson Rechi 696 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*