Rasbora Neon Verde (Microdevario kubotai)

 

Microdevario kubotai  (Kottelat & Witte, 1999)

Foto: Nonn Panitvong – www.siamensis.org

Nome Popular: Rasbora Kubotai, Rasbora Neon Verde

Ordem: Cypriniformes — Família: Cyprinidae (Ciprinídeos)

Distribuição: Ásia, Tailândia

Tamanho Adulto: 1.9 cm

Expectativa de Vida: desconhecido

pH: 6.0 a 7.0 — Dureza: 5 a 19

Temperatura: 22°C a 28°C

Aquário Mínimo: 60 cm (comprimento) X 30 cm (largura) — Prefere aquário com plantas formando áreas sombreadas. Mostram-se mais coloridos e ativos quando mantidos em aquário plantado com áreas abertas para natação. Substrato escuro realça ainda mais sua coloração. Pode ser mantido em um aquário simulando um córrego de fluxo lótico com substrato de rochas de tamanho variados, cascalho e pedregulhos menores, junto com raízes e plantas mais resistentes como Microsorum, Bolbitis ou Anubias spp.

Comportamento & Compatibilidade: Espécie pacífica e gregária que forma hierarquia livre, devendo ser mantido em aquário com peixes de porte similar. Será importante manter em cardume com pelo menos 10 espécimes para que mostrem seu comportamento natural e cores mais realçadas. Devido seu tamanho diminuto se torna ideal para aquário plantado com peixes de tamanho diminuto ou de camarões ornamentais.

Alimentação: Sua alimentação natural é desconhecida, presumivelmente se alimenta de larvas de insetos, pequenos vermes e crustáceos. Em aquário aceitará prontamente alimentos secos, mas deve ser oferecido principalmente pequenos alimentos vivos e congelados como Daphnia e Artemia periodicamente.

Reprodução: Ovíparo. Como a maioria dos pequenos cyprinídeos, espalham seus ovos aleatoriamente entre a vegetação aquática e não exibem cuidado parental. A eclosão dos ovos varia de acordo com a temperatura, normalmente em torno de 72 horas eclodem e os alevinos nadam livremente após três ou quatro dias.

Dimorfismo Sexual: As fêmeas maduras tendem a ser mais encorpadas, principalmente na região ventral, e visivelmente maiores do que os machos que mais compactos e intensamente coloridos.

Biótopo: Ocorre em trechos de fluxo calmo a moderadamente forte de cabeceiras bem oxigenadas e afluentes menores. Tais habitats possuem água transparente, substratos de areia, cascalho, pedras, pedregulhos e trechos de serrapilheira, com troncos submersos, raízes de mata ciliar e vegetação aquática em alguns locais.

No rio Songgaria a água é clara, substrato composto de galhos caídos, serapilheira, cascalho, pedras e rochas expostas formando afloramentos rochosos submersos ao redor de margens fortemente vegetadas. Espécies simpátricas incluem as espécies Batasio tigrinus , Badis khwae , Tetraodon leiurus , Rasbora e Schistura.

Etimologia: Microdevario; do grego ‘mikros‘ que significa pequeno e o nome genérico Devario, em alusão ao pequeno tamanho dos membros do gênero e sua relação evolutiva com o gênero Devario. Kubotai; nomeado em homenagem a Katsuma Kubota, “em reconhecimento por sua ajuda na condução de vários projetos e assistência em campo.

SinônimosMicrorasbora kubotai

Informações adicionais: Distribuído a partir das províncias de Ranong e Phang Nga, na encosta noroeste da península da Tailândia e da bacia do rio Ataran, um afluente de Salween, no sul de Mianmar, que se eleva na província de Kanchanaburi, oeste da Tailândia.

O gênero Microdevario foi criado por Fang et al. (2009) após análises filogenéticas revelarem que algumas espécies anteriormente incluídas em Microrasbora estavam mais intimamente associadas ao gênero Devario e precisavam ser reclassificadas.

O pequeno tamanho em espécies do gênero Microdevario ocorre através de um processo evolutivo conhecido como miniaturização, caracterizada por adultos sexualmente maduros com um tamanho significativamente reduzido com menos de 20 mm de comprimento. Entre os peixes ósseos, os ciprinídeos são um dos poucos grupos em que esse fenômeno ocorre repetidamente em vários gêneros.

Foto: Chantal Wagner Kornin – www.sekaiscaping.com

Referências:

  • Kottelat, M. and K.E. Witte, 1999. Two new species of Microrasbora from Thailand and Myanmar, with two new generic names for small Southeast Asian cyprinid fishes (Teleostei: Cyprinidae). J. South Asian Nat. Hist.
  • Kottelat, M. and C. Vidthayanon, 1993. Boraras micros, a new genus and species of minute freshwater fish from Thailand (Teleostei: Cyprinidae). Ichthyol. Explor. Freshwat.
  • Fang, F., M. Norén, T.Y. Liao, M. Källersjö and S.O. Kullander, 2009. Molecular phylogenetic interrelationships of the south Asian cyprinid genera Danio, Devario and Microrasbora (Teleostei, Cyprinidae, Danioninae). Zoologica Scripta
  • Microdevario kubotai em Sekai Scaping por Chantal Wagner

Ficha por (Entered by): Edson Rechi — Fevereiro/2019
Colaboradores (collaboration): —

Sobre Edson Rechi 918 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

2 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*