Peixe Arco-íris Australis (Melanotaenia australis)

 

melanotaenia-australis

Melanotaenia australis (Castelnau, 1875)

Nome Popular: Peixe Arco-íris Australis — Inglês: Western rainbowfish

Família: Melanotaeniidae (Melanotaenídeos)

Origem: Oceania; difundido em todo noroeste da Austrália

Tamanho Adulto: 11 cm (comum: 8 cm)

Expectativa de Vida: 5 anos +

Temperamento: Pacífico

Aquário Mínimo: 80 cm X 30 cm X 40 cm (96 L)

Temperatura: 22°C a 28°C

pH: 6.6 a 8.0 – Dureza: 5 a 19

melanotaenia-australis2

Visão Geral

É um dos peixes de água doce mais comum e difundido em sistemas fluviais do noroeste da Austrália. Encontrado em toda região de Pilbara entre os rios Ashburton e DeGrey e na região de Kimberley, no extremo norte da Austrália Ocidental entre o rio Fitzroy e Território do Norte.

Ocorre em inúmeros sistemas naturais incluindo rios, riachos, pântanos, lagoas pantanosas, lagos e reservatórios. Frequentemente é encontrado próximo da superfície em piscinas rochosas ou se reúnem ao longo de margens com densa cobertura vegetal ou em meio a troncos e galhos submersos. Existe uma grande flutuação nas condições de água entre as estações seca e chuvosa.

Mostram uma considerável variação em sua morfologia de acordo com sua área de distribuição. Estudos genéticos sugerem que talvez exista mais de uma espécie no complexo Melanotaenia australisEstudos genéticos realizados em 2000 (McGuigan, et al.) descobriu que que M. australis é representado por duas linhagens distintas. Estas linhagens estão geograficamente restritas a Austrália Ocidental e do Território do Norte.

Estudos mais recentes (Phillips, 2004) têm mostrado que há também uma grande diferença genética entre as populações de Pilbara e Kimberley. Estes estudos fornecem suporte para a separação de M. australis em duas espécies: uma no sul da área de Pilbara e as populações do norte restante. No entanto, apesar das pesquisas que tem sido realizada até à data, o estatuto específico e distribuição de M. australis ainda permanece obscuro.

Aquário & Comportamento

Prefere aquário plantado com vegetação densa e áreas abertas para natação. São peixes que devem ser mantidos em grupos de pelo menos seis indivíduos, quanto maior o cardume mais natural o seu comportamento e realce das cores. Possui natação bastante ágil exigindo aquário de bom comprimento.

São peixes de comportamento pacífico que passam a maior parte do tempo disputando território ou a atenção das fêmeas, os machos se enfrentam e exibem suas nadadeiras e cores no máximo esplendor possível.

Reprodução & Dimorfismo Sexual

Ovíparo, são disseminadores livres. A fêmea libera seus ovos na água, próximo a folhas ou rochas, e o macho nada em volta fertilizando-os. Os ovos eclodem em 7 a 12 dias quando mantidos em temperatura mais alta e após alguns dias da eclosão os alevinos já consumiram o conteúdo do saco vitelino e começam a nadar. Não ocorre o cuidado parental.

Apresentam dimorfismo sexual evidente. Machos são maiores e apresentam coloração mais intensa, além dos raios da nadadeira dorsal ser mais alongado. A coloração do corpo das fêmeas se assemelha aos machos, porém é mais pálido. Nas fêmeas, os primeiros espinhos dorsais são curtos e nadadeiras dorsal e anal são arredondadas em suas bordas.

Alimentação

Onívoro. Em cativeiro aceitará prontamente alimentos secos e vivos. Alimentos vivos e congelados ajudam a acentuar sua coloração.

Etimologia: Melanotaenia; melan – anos (grego) = preto + taenia (latim) = listra. Australis, em alusão a seu país de origem Austrália.

Referências

  1. Allen, G.R., S.H. Midgley and M. Allen, 2002. Field guide to the freshwater fishes of Australia. Western Australian Museum, Perth, Western Australia.
  2. Allen, G.R., 1989. Freshwater fishes of Australia. T.F.H. Publications, Inc., Neptune City, New Jersey.
  3. Hoese, D.F., D.J. Bray, J.R. Paxton and G.R. Allen, 2006. Fishes. In Beasley, O.L. and A. Wells (eds.) Zoological Catalogue of Australia. Volume 35.2 Australia: ABRS & CSIRO Publishing, 1472 p.
  4. Paxton, J.R., D.F. Hoese, G.R. Allen and J.E. Hanley, 1989. Pisces. Petromyzontidae to Carangidae. Zoological Catalogue of Australia, Vol. 7. Australian Government Publishing Service, Canberra
  5. Home of The Rainbowfish por Adrian R. Tappin

Ficha por (Entered by): Edson Rechi — Setembro/2016
Colaboradores (collaboration): –

Sobre Edson Rechi 769 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*