Rosáceo (Hyphessobrycon erythrostigma)

 

Hyphessobrycon erythrostigma

Nome Popular: Rosáceo — Inglês: Bleeding heart tetra, Bleeding heart

Ordem: Characiformes — Família: Characidae (Caracídeos)

Distribuição: América do Sul, alto da bacia do rio Amazonas próximo as três fronteiras (Brasil, Peru e Colômbia)

Tamanho adulto: 6 cm (comum 4 cm)

Estimativa de vida: 5 anos

pH: 4.0 a 7.2

Dureza: 4 a 12

Temperatura: 24°C a 28°C

Tamanho do aquário: 60 cm X 30 cm x 30 cm (54L) – A decoração do aquário não é crítica para a espécie, mas se mostram mais coloridos quando mantidos em aquário densamente plantado e substrato arenoso. Pode-se adicionar raízes e folhas secas (opcional).

Comportamento: Pacífico e gregário. Podem ser territorialistas frente a outros machos ou espécies de formato de cor semelhantes, com outras espécies de peixes são pacíficos. Deve-se mantê-los em grupo de pelo menos seis indivíduos. A interação entre machos rivais é fascinante e sua coloração é realçada quando disputam a atenção de fêmeas.

Alimentação: Onívoro. Alimenta-se de vermes, crustáceos, insetos e secundariamente plantas. Em cativeiro aceitará prontamente alimentos secos e vivos.

Reprodução: Ovíparo. Nas primeiras horas do dia o macho conduzirá a fêmea liberar os ovos que serão fecundados e sua maioria irá para o fundo. Eclodem em até três dias e larvas estarão nadando livremente em até 48h. Pais não cuidam da progênie.

Dimorfismo sexual: Em machos adultos a nadadeira dorsal e anal é maior, enquanto nas fêmeas são mais curtas e arredondas. Quanto ao corpo, o macho tem forma retilínea e a fêmea forma roliça.

Outras informações:

Ocorre em afluentes lento, braços laterais e lagos, muitas vezes associado a estruturas lenhosas submersas como raízes, galhos caídos e densa vegetação ciliar ou plantas aquáticas. A água normalmente tem um teor de minerais dissolvidos insignificante, é mal tamponada e apresenta coloração cor de chá devido à liberação gradual dos taninos e orgânicos ácidos a partir de material vegetal em decomposição.

Espécie de tetra bastante popular no aquarismo devido sua rusticidade e beleza, podendo ser facilmente confundido com outros “tetra sangue” como o H. socolofi e H. pyrronhotus. Todos possuem uma mancha avermelhada umeral.

Espécies de peixes simpátricas incluem Hyphessobrycon bentosi, Hemigrammus bellottii, Paracheirodon sp., Nannostomus, Carnegiella strigata, Bunocephalus sp. e Otocinclus sp. . 

Hyphessobrycon erythrostigma3 Hyphessobrycon erythrostigma2

Referências

  1. Hardy, J.D., 1993. NODC taxonomic code links biology and computerized data processing. Earth System Monitor 4(2):1-2.
  2. ASAP, Aquarium Science Association of the Philippines, 1996. Aquarium species in the Philippines. ASAP Aquarist Database Report. 9 p. Quezon City, Philippines.
  3. Ortega, H. and R.P. Vari, 1986. Annotated checklist of the freshwater fishes of Peru. Smithson. Contrib. Zool. (437):1-25.
  4. Mills, D. and G. Vevers, 1989. The Tetra encyclopedia of freshwater tropical aquarium fishes. Tetra Press, New Jersey. 208 p.

Ficha por (Entered by): Edson Rechi — Junho/2015
Colaboradores (collaboration): –

 

Sobre Edson Rechi 769 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*