Tetra Eilyos (Hyphessobrycon eilyos)

 

Hyphessobrycon eilyos (Lima & Moreira, 2003)

Foto de The Wet Spot Tropical Fish

Nome Popular:  Não possui

Ordem: Characiformes — Família: Characidae

Distribuição: América do Sul, endêmico do Brasil

Tamanho Adulto: 2.5 cm

Expectativa de Vida: 5 anos

pH: 6.0 a 7.0 — Dureza: 1 a 12

Temperatura: 24°C a 28°C

Foto de Peter e Martin Hoffmann (c)

Aquário Mínimo: 40 cm comprimento X 30 cm largura — Apreciam aquário densamente plantado com fluxo fraco de água.

Comportamento & Compatibilidade: Espécie pacífica que pode ser mantida em aquário comunitário com peixes igualmente pacíficos e de tamanho diminuto. De comportamento gregário, será importante manter em cardume com pelo menos 6 espécimes para que mostrem seu comportamento natural e cores mais realçadas.

Alimentação: Aceitam a maioria dos alimentos fornecidos como vivos e secos.

Reprodução: Desconhecido.

Dimorfismo Sexual: Machos são mais coloridos e possuem corpo retilíneo, enquanto fêmeas possuem forma mais roliça.

Biótopo: Encontrado próximo à margem ao longo de trechos semi lênticos em rios rasos e de água clara, areia e pequenas pedras espalhadas no fundo, com densa vegetação submersa e ciliar moderadamente.

Etimologia: Hyphessobrycon; do grego hyphesson, que significa de menor estatura + grego bryko = morder, mordedor. Eilyos, do grego eilyos, toca, esconderijo, em alusão ao seu habitat (remansos repletos de matéria vegetal).

Sinônimos: Não possui.

Foto de Peter e Martin Hoffmann (c)

Informações adicionais: Coletado a partir do córrego Rancho e Ribeirão do Sapo, ambos afluentes da bacia do alto rio Araguaia, no estado do Mato Grosso (Brasil).

Esta espécie não apresenta manchas umerais e caudais bem como a presença de numerosos cromatóforos escuros na superfície lateral do corpo. Além disso, as nadadeiras pélvicas, caudal e adiposa são todas vermelhas, e esses peixes possuem cerca de 7 a 11 dentes maxilares.

Indicado para aquaristas mais experientes ou aquário bem maturado, dado sua exigência na qualidade da água. É uma espécie relativamente nova no hobby e seu valor costuma ser elevado, em vista sua raridade e beleza. Quando bem adaptado ao aquário apresenta coloração bastante chamativa.

Referências:

  • Lima, F.C.T. and C.R. Moreira, 2003. Three new species of Hyphessobrycon (Characiformes: Characidae) from the upper rio Araguaia basin in Brazil. Neotrop. Ichthyol.

Publicado em Abril/2024

Sobre Edson Rechi 860 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*