Hygrophila de rio/anã – Hygrophila polysperma

 

Hygrophila-polysperma

Hygrophila de rio, Hygrophila Anã – Hygrophila polysperma

Família: Acanthaceae

Origem: nativa do Bangladesh , Índia , China e Malásia. Introduzido em alguns países incluindo EUA.

Tamanho: 60 cm

pH: 6.0 a 9.0 — Temperatura: 18°C a 30°C

Iluminação: Moderada a intensa

CO2: Não necessário

Substrato: Simples

Crescimento: Rápido

Descrição: planta bastante rustica, ideal para aquaristas iniciantes. Bastante utilizada no fundo do aquário, porém poderá ser utilizada no meio do aquário quebrando a linha de visão de espécies agressivas ou territorialistas, servindo de refúgio para diversas espécies de peixes. Sob iluminação moderada a forte, tende a se desenvolver muito rapidamente. Muito utilizada em montagens novas de aquário ajudando a evitar o surgimento de algas. Desenvolve uma infinidade de brotos laterais. Sua propagação pode ser feito através do corte do ramo e replantio.

Hygrophila-polysperma3

Hygrophila-polysperma2
Forma emersa

Referências:

  1. Langeland, KA; Burks, K. Craddock (1998), Identification and Biology of Non-Native Plants in Florida’s Natural Areas , Gainesville, Florida: University of Florida
  2. Plant Finder – Aquatic Plant Central 
  3. Aqua Suzuki – Rony Suzuki, Mauricio X. Almeida

Ficha por (Entered by): Edson Rechi – Julho/2014
Colaboradores (collaboration): –

Sobre Edson Rechi 747 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.