Peixe Arco-íris Vermelho (Glossolepis incisus)

 

glossolepis-incisus2

Glossolepis incisus (Weber, 1907)

Nome Popular: Peixe Arco-íris Vermelho, Melanotaenia Maçã — Inglês: Red rainbowfish

Família: Melanotaeniidae (Melanotaenídeos)

Origem: Ásia. Endêmico do lago Sentani em Irian Jaya, Indonésia.

Tamanho Adulto: 15 cm (comum: 10 cm)

Expectativa de Vida: 5 anos +

Temperamento: Pacífico

Aquário Mínimo: 100 cm X 40 cm X 50 cm (200 L)

Temperatura: 26°C a 30°C

pH: 7.2 a 8.2 – Dureza: 9 a 19

glossolepis-incisus

Visão Geral

Endêmico do lago Sentani em uma área de cerca de 75 metros de altitude na Indonésia, normalmente são encontrados em bancos de areia rasos em meio a densa vegetação ou raízes. O lago está ligado ao oceano por um pequeno afluente e assim contém uma interessante combinação de espécies.

A disponibilidade de alimentos atraiu esta espécie para determinadas áreas, como sob as palafitas tradicionais, raízes de algumas plantas, lixo e restos de troncos. O pólen de plantas terrestres, bem como insetos terrestres, também serviu como fonte de alimento para os peixes, juntamente com as larvas de insetos aquáticos e algas. Raízes das plantas também foram importantes para o refúgio. Estes fatores influenciaram sua seleção distribuição e habitat, e, consequentemente, a sua abundância (Ohee 2013).

No Brasil é conhecido comumente como Melanotaenia Maçã, sendo um dos peixes ornamentais mais comuns desta família.

A coloração de espécimes criados em cativeiro diferem de espécimes selvagens, estes últimos possuem coloração infinitamente mais atraente.

Aquário & Comportamento

Prefere aquário plantado com vegetação densa e áreas abertas para natação. São peixes que devem ser mantidos em grupos de pelo menos seis indivíduos, quanto maior o cardume mais natural o seu comportamento e realce das cores. Possui natação bastante ágil exigindo aquário de bom comprimento.

São peixes de comportamento pacífico que passam a maior parte do tempo disputando território ou a atenção das fêmeas, os machos se enfrentam e exibem suas nadadeiras e cores no máximo esplendor possível.

Reprodução & Dimorfismo Sexual

Ovíparo, são disseminadores livres. A fêmea libera seus ovos na água, próximo a folhas ou rochas, e o macho nada em volta fertilizando-os. Os ovos eclodem em 7 a 12 dias quando mantidos em temperatura mais alta e após alguns dias da eclosão os alevinos já consumiram o conteúdo do saco vitelino e começam a nadar. Não ocorre o cuidado parental.

O dimorfismo sexual é evidente com machos maduros sendo maiores que as fêmeas, além de desenvolverem coloração vermelha característica que dá ao peixe seu nome comum. Fêmeas são menores e possuem coloração verde oliva com cinza.

Curiosamente, quando mantidos em temperaturas mais baixas todos os machos tendem a apresentar coloração vermelha, enquanto em temperaturas mais altas apenas os machos dominantes tendem a mostrar coloração vermelha.

Alimentação

Onívoro. Em cativeiro aceitará prontamente alimentos secos e vivos. Alimentos vivos e congelados ajudam a acentuar sua coloração.

Etimologia: Glossolepis do grego glossa = língua + grego, lepis = escama

Referências

  1. Allen, G.R., 1991. Field guide to the freshwater fishes of New Guinea. Publication, no. 9. 268 p. Christensen Research Institute, Madang, Papua New Guinea.
  2. ASAP, Aquarium Science Association of the Philippines, 1996. Aquarium species in the Philippines. ASAP Aquarist Database Report. 9 p. Quezon City, Philippines.
  3. Siby, L.S., 2009. Biologi reproduksi ikan pelang merah (Glossolepis incisus Weber, 1907) di Danau Sentani. Bogor Agricultural University. MSc thesis. 70p.
  4. Home of Rainbowfish por Adrian R. Tappin

Ficha por (Entered by): Edson Rechi — Setembro/2016
Colaboradores (collaboration): –

Sobre Edson Rechi 769 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*