Peixe recebe funeral Viking

Fonte: Daily Dot

O peixe Peeping Tom, uma espécie de Danio (Popular Paulistinha), passou a maior parte de sua vida num aquário dentro do banheiro, sem reclamar e observando tudo o que acontecia ao seu redor.

Quando o pai de seu dono mudou o aquário para um lugar escuro, como não podem viver totalmente no escuro, em estado de estresse pela situação, adquiriu Íctio (Ichthyophthirius multifiliis) e não pôde mais observar ninguém entrando no banheiro, morrendo sozinho e confuso na escuridão.

O meu peixe que tive por 6 anos e meio, Peeping Tom. Dei esse nome ao meu peixe, pois ele viveu toda sua vida no banheiro de casa, observando as pessoas no banheiro. Apesar de meu pai saber que o aquário deveria sempre receber iluminação, um dia ele mudou o aquário para um lugar totalmente escuro.  No dia seguinte, quando cheguei do trabalho, encontrei meu maravilho companheiro aquático morto. Como ele sempre foi uma criatura valente, decidi que ele merecia um Funeral Viking.” Disse o dono do peixe.

Sentindo-se mal com a morte do peixe, o pai construiu um barco para o funeral do peixe de estimação. O Barco Viking foi batizado de “SS Boobies”, em homenagem a paixão do Peeping Tom em observar as pessoas durante o banho.

Adeus Peeping Tom, sinceramente desejamos que você possa nos observar no céu dos peixes.

 

Publicado em 07/04/2016

Sobre Edson Rechi 579 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*