Danio (Danio jaintianensis)

 

Danio jaintianensis (Sen, 2007)

Foto de Andreas Werth (c) disponível em www.andreaswerth.net

Nome Popular: Danio

Ordem: Cypriniformes — Família: Cyprinidae

Distribuição: Ásia; endêmico da Índia

Tamanho Adulto: pesquisam sugerem entre 4 e 5 cm

Expectativa de Vida: desconhecido

pH: 6.0 a 7.0 — Dureza: 5 a 12

Temperatura: 18°C a 24°C

Aquário Mínimo: 80 cm comprimento X 30 cm largura — apesar de seu tamanho diminuto, é um peixe bastante ativo exigindo um bom espaço para nadar. Idealmente deve ser mantido em um aquário plantado com fluxo de água relativamente forte, com uma camada de vegetação cobrindo parcialmente parte da superfície. Manter o aquário bem tampado, esta espécie pula para fora com frequência.

Comportamento & Compatibilidade: Ao contrário de seu congenere Danio rerio (Paulistinha) que possui comportamento bastante agitado, esta espécie é bastante tímida e menos ativa. Ideal para aquário plantado. Pacífico, deve ser mantido em numeroso cardume para que mostre seu comportamento natural e cores chamativas, podendo ser mantido em aquário comunitário com peixes de comportamento e tamanho similar.

Alimentação: Onívoro, em seu ambiente natural alimentam-se de pequenos crustáceos, larvas de insetos e pequenos vermes. Em cativeiro aceitam prontamente alimentos secos.

Reprodução: Ovíparo, sua reprodução em cativeiro é desconhecida, porém, supõe-se ser semelhante a outros pequenos Danios. Fêmeas dispersam livremente ovos em local pré-determinado pelo macho, onde será fecundado em sequência. Pais não cuidam da progênie e ovos eclodem em até 2 dias.

Dimorfismo Sexual: Fêmeas maduras apresentam corpo em forma roliça e são levemente maiores e menos coloridas do que os machos. Machos apresentam corpo mais retilíneo e são mais coloridos principalmente em fase de reprodução.

Biótopo: Grande parte de Meghalaya consiste em colinas cobertas de florestas que recebem uma grande quantidade de chuvas e muitas de suas águas de alta altitude fluem muito rapidamente, mas é provável que esta espécie esteja restrita a pequenos córregos com substratos de cascalho de tamanho variável, pedras e vegetação marginal ou suspensa bem desenvolvida.

Etimologia: Danio, um termo vernacular (local) utilizado para pequenos peixes da família dos Ciprinídeos. Jaintianensis, nomeado em referência ao distrito de Jaintia Hills, de onde os primeiros espécimes foram coletados.

Sinônimos: Danio analipunctatus, Brachydanio nigrofasciatus, Barilius nigrofasciatus

Informações adicionais: Sua distribuição parece ser restrita ao distrito de Jaintia Hills, estado de Meghalaya, no nordeste da Índia, suas águas naturais fazem parte do sistema do Rio Brahmaputra.

Espécime sub-adulto. Foto: Beta Mahatvara (c)
Fêmea adulta. Foto de Frank M. Greco (c)

Referências:

  1. Kullander, S.O., T.Y. Liao and F. Fang, 2009. Danio quagga, a new species of striped danio from western Myanmar (Teleostei: Cyprinidae). Ichthyol. Explor. Freshwat. 20(3):193-195.

Ficha por (Entered by): Edson Rechi — Agosto/2019
Colaboradores (collaboration): —

Sobre Edson Rechi 768 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*