Acará Paranaense (Cichlasoma paranaense)

Cichlasoma-paranaense

Cichlasoma paranaense (Kullander, 1983)

Nome Popular: Acará Paranaense, Cará — Inglês: não possui

Família: Cichlidae (Ciclídeos)

Origem: América do Sul, Bacia do rio Paraná

Tamanho Adulto: 8 cm

Expectativa de Vida: 5 anos +

Temperamento: Pacífico

Aquário Mínimo: 80 cm X 30 cm X 40 cm (96 L)

Temperatura: 22°C a 28°C

pH: 6.0 a 7.0 – Dureza: –

Visão Geral

Ocorre na bacia do alto do Paraná. Encontrado em meio a densa vegetação ou raízes em águas lentas e claras em afluentes menores, piscinas e lagoas marginais.

Apresenta Corpo esverdeado, mais claro na região ventral. Lateral do tronco com faixas escuras verticais. Mancha preta ovalada ou subcircular abaixo da linha lateral. Corpo alto, boca terminal, nadadeiras claras com pigmentos pretos dispersos, dorsal e anal com escamas entre e sobre a região proximal dos raios. Mancha preta arredondada na região superior da base da nadadeira caudal.

Aquário & Comportamento

Aquário com presença de bastante plantas e troncos desejável, substrato preferencialmente macio e arenoso. Em aquários pequenos o risco de interações agonísticas entre o macho e a fêmea é elevado.

Espécie de comportamento moderado, pode ser mantido com peixes de mesmo porte. Peixes pequenos podem ser comidos.

Reprodução & Dimorfismo Sexual

Ovíparo. Depositam os ovos em substratos, plantas ou pedras. Os ovos eclodem cerca de 60 horas após a postura. Pais cuidam da progênie.

São monomórficos, porém os machos tendem a ficar maiores que as fêmeas. Os machos adultos possuem nadadeiras com filamentos extremamente longos, sendo estes mais curtos e arredondados nas fêmeas, especialmente na barbatana dorsal.

Alimentação

Onívoro, em seu estado selvagem se alimentam de pequenos insetos, vermes, crustáceos e secundariamente matéria vegetal. Em aquário aceitará prontamente alimento secos e vivos.

Etimologia: —

Cichlasoma-paranaense2

Referências

  1. Kullander, S.O., 2003. Cichlidae (Cichlids). p. 605-654. In R.E. Reis, S.O. Kullander and C.J. Ferraris, Jr. (eds.) Checklist of the Freshwater Fishes of South and Central America. Porto Alegre: EDIPUCRS, Brasil.
  2. Romero, P., 2002. An etymological dictionary of taxonomy. Madrid, unpublished.
  3. Efeito do isolamento social sobre a aprendizagem no peixe Cichlasoma paranaense –  Manuela Lombardi Brandão

Ficha por (Entered by): Edson Rechi — Junho/2016

Colaboradores (collaboration): –

Sobre Edson Rechi 734 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*