Cabomba (Cabomba caroliniana)

 

Cabomba caroliniana

Cabomba caroliniana – A. Gray — 1837

Família: Cabombaceae

Origem: América dos Sul

pH: 5 a 7 — Temperatura: 18°C – 26°C

Tamanho: Até 80 cm

Iluminação: Alta

CO: Necessário

Substrato: Fértil

Crescimento: Médio a Rápido

Manutenção: Média

Plantio: Maços com 2 a 3 ramos e espaçamento de 4 cm

Características: Uma das plantas mais belas de aquário e também uma das mais comuns de se encontrar à venda nas lojas. A Cabomba Caroliniana necessita de muito nutrientes e CO₂ para um crescimento saudável. Apesar de toda literatura a considerar como uma planta fácil, mas é difícil de mante-la saudável e com aspecto bonito quando não suprido esses requisitos. Geralmente os entrenós da Cabomba começam a ficar estiolados e as folhas ficam pequenas, perdendo sua beleza inicial. Sua propagação é feita através de corte e replantio do ramo.

Ficha desenvolvida por: Milton Douglas
Colaboradores: – Rony Suzuki

 

Sobre Douglas 64 Artigos
Natural de Ferraz de Vasconcelos, casado, formado em administração de empresas, aquarista desde 2008, fanático por aquários plantados e aquapaisagismo, participante de duas versões do CBAP com colocações sem muita expressão, ainda aprendiz de aquapaisagismo e apaixonado por Acará Bandeira.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*