Você é um aquarista consciente?

 

Autor: Edson Rechi – Janeiro/2005 | Atualização Novembro/2013

Introdução:

conscienciaEste texto visa passar uma visão sobre o porque ser um aquarista responsável e através desta responsabilidade, fazer sua parte para forçar todos os setores da industria aquarística acoplar simples práticas responsáveis que resultarão (e muito) na melhoria da qualidade de nosso hobby. Já adianto que o texto a seguir não vem a ser um “guia”, apenas um importante ponto de vista que muitos aquaristas deveriam se conscientizar e até mesmo se possível debater, mesmo em alguns pontos sendo radical.

Eduque-se!

A primeira razão para haver falhas!

Se manter um aquário fosse tão fácil, quanto apenas enchermos o tanque com água e soltar os peixes, todo e qualquer aquarista seria bem sucedido.

Na verdade, mais da metade dos aquaristas iniciantes, com menos de 1 ano de hobby, e porque não aquaristas mais experientes, nunca se incomodaram de ao menos ler um livro ou pesquisar sobre temas variados (como a morte de seu peixe sem causa aparente…). O mais importante para todo aquarista é educar-se sobre o passatempo que você escolher e que vidas dependem exclusivamente de você!

Educando-se (leia-se aprendendo), você manterá seus peixes por mais tempo, além de compreender melhor como funciona todo sistema do aquário em que você tanto admira no dia a dia. Verá que seus peixes estão cada vez mais coloridos e vivendo muito mais que você imaginava, além de começar a ter mais prazer pelo hobby.

Compre livros e leia-os! Assista vídeos e preste atenção nos detalhes! Participe de comunidades de aquarismo! Pois as possibilidades e principalmente os recursos de instrução neste hobby são infinitos!

Aprovação!

Você leu bons livros e já possui alguma instrução. Agora as perguntas..

– Você agora sabe que seu aquário está cheio e porque está comprando outro peixe?

– Você sabe que seu pacífico Kinguio não poderá viver com aquele endiabrado Sumatra?

– Porque devo manter uma temperatura estável e alta para peixes tropicais?

– Porque não posso misturar peixe de água fria com tropicais?

– Que tamanho aquele peixe ficará? Meu aquário proporcionará um bem estar a ele quando adulto?

– Aquele equipamento caríssimo servirá para minhas necessidades?

Se você ao menos já soube responder boa parte de perguntas básicas, estará pronto para dialogar com outros aquaristas (independente do nível) e principalmente com lojistas.

Um bom lojista é aquele que é treinado a fazer perguntas sobre seu aquário e recomendar fielmente as melhores opções para povoamento e tudo que é necessário e eficaz a ele.

Contudo, mesmo bons lojistas que duramente tentam fazer a coisa certa, há sempre aquele número de clientes que recusa um bom conselho e se arrisca dizendo que comprará de “qualquer jeito” ou mesmo “quero tentar”. Todo risco que se corre, tenderá a mais uma falha provavelmente…

Já os lojistas ruins não valem mencionar neste artigo. Quem sabe você que tanto gosta de se manter informado, não forneça preciosas dicas a eles…

Aprenda sobre animais aquáticos antes mesmo de comprá-los!

Como é seu habitat natural? Que alimentação exige? São extremamente agressivos ou pacíficos? Serão compatíveis com peixes que já possuo? Meu aquário é grande o suficiente para comportá-lo? Adapta-se fácil em cativeiro? Qual o tipo de água?

Estas são praticamente boas perguntas a se fazer antes mesmo de comprar o peixe que tanto almeja. Procure informações e ouça inúmeros relatos de quem os já manteve com sucesso, procurando não apenas acreditar na palavra de lojistas (mesmo os confiáveis), afinal, querem vender peixes!

Encontre uma boa loja e fidelize-se:

Você poderá encontrar o que procura em diversas lojas ou mesmo pela internet. Se encontrar uma boa loja que esteja disposta a gastar tempo com você, seja respondendo todas suas dúvidas, ou mesmo fofocando sobre a nova novela das 8 e sempre estar disposta a lhe ajudar, gaste algum dinheiro nessa loja!

Não compre apenas peixes, uma vez que venda de peixes hoje em dia (respeitando devidas proporções) não manterá a boa loja no mercado. Se estiver precisando, compre equipamentos, produtos ou o que for necessário (rações por exemplo), mesmo que na loja do lado custa alguns míseros reais a menos. Desta forma incentivará a boa loja e a equipe de funcionários sempre estará disposta a lhe ajudar.

Espera aí? Está me indicando comprar produtos para se obter informação?

Não, muito pelo contrário. Apenas incentivando a troca de informações para seu lado e ajudando a loja expandir, já que ninguém merece aquele “chato” indo todo dia na loja e perguntando de tudo um pouco e se avantajar de tais informações colhidas e comprar no vizinho. Uma mão lava a outra!

Deste modo você estará se enriquecendo com informações e a boa loja que sempre o abasteceu com tantas respostas estará prestigiada ao mesmo tempo.

Más lojas, Boicote!

Se você tiver muitas experiências más com uma loja, seja por maus conselhos ou mesmo com lojas que só pensam em lucrar ou popularmente querendo apenas “vender seu peixe”, boicote!

Não compre mais lá e espalhe para seus amigos o ocorrido. Lojistas que iniciam a atividade apenas para fazer dinheiro, não merecem permanecer na ativa. Não tem nada lá que lhe interessa!

Boas lojas ao contrário das más, tenderão a ser leal a seus clientes tentando vender o melhor equipamento, qualidade elevada, peixes saudáveis e bons conselhos e o principal, se importam com a vida de seus peixes. Comprando neste tipo de loja, automaticamente você está contribuindo para o aquarismo saudável!

Saiba que quando se comercializa animais vivos, há edições éticas e morais a se seguir, tanto lojista e hobbysta. O lojista de lhe vender animais saudáveis e equipamentos adequados, além dos melhores conselhos para mantê-los regularmente bem. Já o hobbysta deverá ter a obrigação de se educar qual a melhor maneira para se manter o animal por anos, pois o sucesso no aquarismo não indica em quantos dias ou meses seu peixe sobreviveu, e sim quantos anos!

Viu ou ouviu algo errado? Se manifeste!

Você está em uma loja e ouve um cliente ou funcionário dizer algo inadmissível. Qual sua reação? Simplesmente fica quieto ou tenta ao menos explicar o porquê o fulano está errado? Você lê algo incorreto não internet (fóruns), qual sua reação?

Em uma loja você poderá puxar a pessoa que falou besteira de lado e tentar explicar o correto. Na internet, faça seu teclado “falar”!

Não fazer absolutamente nada servirá apenas a má informação se perpetuar. Apenas atente se questionar ou corrigir informações, esteja preparado sempre para citar a fonte ou se for informação de cunho pessoal, tenha certeza o que está falando ou cite mencionado que tal informação foi baseada em experiência pessoal.

Fez uma nova descoberta? Deixe os outros saberem… publique!

Produziu um peixe em cativeiro sem que nunca conseguiram tal feito? Passe adiante sua experiência…

Descobriu um novo comportamento sem que nunca tinha lido algo a respeito? Compartilhe…

Encontrou uma maneira para melhorar seu equipamento? Documente e passe a público…

Toda troca de informações só tenderá a aumentar a qualidade do aquarismo brasileiro. Não seja “estrelinha” ou egoísta a ponto de guardar a sete chaves o novo feito, passe adiante!

Com esta linha de pensamento, o aquarismo só tende a crescer e depende apenas de nós para tal feito. Aquaristas iniciantes, intermediários ou avançados e principalmente nossos peixes, agradecem!

10 conceitos para escolher uma boa loja…

Se a bateria de tanques de uma loja não for apresentável, certamente os proprietários não se importam muito, portanto, você deverá pensar duas vezes antes de comprar qualquer peixe nesta loja. Algumas até armazenam tanques bem decorados, mas a saúde dos peixes poderá ser ruim, procure sempre por peixes com nadadeiras eretas e saudáveis.

Preste atenção em peixes em diversos aquários note se há algo errado como peixes se escondendo, magro, marcas, pontos brancos e saliências. Um simples ato poderá tirar diversas dúvidas com relação ao peixe que pretende adquirir, basta levantar lentamente sua mão na parte superior do tanque, os peixes deverão ir próximo a ela pensando que receberão alimento. Observe ainda a respiração, se as brânquias estiverem se movimentando rápido, poderá indicar parasitas ou má qualidade da água. Alguns poucos peixes doentes na loja poderá ser visto como normal, mas diversos tanques com peixes doentes podem indicar um problema maior.

2º Infelizmente nem todas as lojas possuem uma área destinada à quarentena e tanque hospital. Se ver um tanque com água azul ou verde ou ainda indicando algo no sentido que não estão a venda, não necessariamente indica que os peixes estão com problemas, ao menos lojas que tem cuidados com a saúde dos pequenos. Peça a loja para quarentenar o peixe que pretende comprar antes de levá-lo embora ou faça você mesmo a quarentena em sua casa. Veja a política de garantia da loja, quais alimentos estão fornecendo e qual os parâmetros de água que se encontram e com qual frequência ela é trocada.

3º Regra dos 3 peixes. É absolutamente normal uma loja perder um peixe no curso de 1 dia, mas se você notar mais de 3 mortes principalmente no mesmo tanque, a loja pode não se importar com a saúde deles. Um peixe morto em uma bateria até vai, agora 3 ou mais já passa uma imagem negativa (e muito). Se você se deparar com esta situação e for notificar o funcionário (sem alarde) e ele tomar rapidamente providência, é bem possível que ele se importa com a saúde dos tanques e caso não tome nenhuma atitude ou diga algo do tipo: “Ah! Tudo bem, logo iremos tirá-lo de lá” ou “Nossa, é verdade, que coisa”, é muito possível que já virou rotina, as mortes pelos tanques.

4º Arghh! Esse cheiro! Se uma loja cheirar mal, com certeza não se importam com sua imagem. Uma loja limpa pode até cheirar um pouco mal ou um odor um pouco mais forte, mas se o cheiro for excessivo, esqueça! Podem não ter cuidados com seus animais. Uma loja apresentável não significa apenas aquários limpos e peixes saudáveis, mas todo ambiente!

5º Atitude! Certamente você já passou por essa…

Os vendedores que trabalham na loja devem sempre estar alerta e prontos para ajudar. Se a loja for “devagar” e a equipe de funcionários idem, mais um ponto negativo!

Aquaristas possuem a reputação de serem estranhos ou uns tanto excêntricos e sempre somos conhecidos por apenas gostar de peixes.. porque não um cachorro, gato? Oras… Não vamos as lojas para sermos excêntricos ou diferentes, apenas falamos de forma simples e objetiva. O bom aquarista sente quando o lojista está apenas falando baixo ou a conversa padronizada, o de sempre. Se quiser mesmo perguntar ou aprender algo, procure outro funcionário e se este for do mesmo tipo, vá a outra loja! Más atitudes como deixar você esperando por muitos minutos para ser atendido são mal para o negócio e pior ainda para testar sua paciência.

6º Testam seu conhecimento e sempre podem te empurrar bugigangas sem utilidade, principalmente se você for novo no hobby, onde poderá sentir que qualquer um sabe mais que você. Nem todos que trabalham em uma loja de aquário são competentes (infelizmente). Obviamente se você é um iniciante, existem sim diferenças, mas a partir do momento que começa a ler e fazer algumas perguntas básicas, querendo ou não, você começa a interagir mais e mais com as informações e comparando o que leu ao que foi dito pelo tal vendedor. Já se você for um aquarista mais experiente, tente fazer perguntas para qual você sabe as respostas do tipo: “Este Dempsey poderá ficar bem com meus pequenos Tetras ?” ou “Eu tenho um aquário plantado e gostei deste Ciclídeo Africano, posso comprá-los?”, mas muito cuidado!! Você poderá ficar chocado com algumas respostas…

7º Motivação. A loja parece querer vender, informar ou ambos?

Para tirar a prova, basta apenas fazer algumas perguntas e se a cada resposta a uma pergunta ou problema eles tentarem envolver dinheiro (compra de medicamentos, filtros, etc), cuidado! Muitos problemas podem ser resolvidos simplesmente fazendo uma mudança ou correção na água de seu aquário, ou seja, uma bateria de testes (alguns básicos como pH e amônia) em geral pode solucionar boa parte de seu “problema”. Já se tentarem te vender um livro, é sempre um bom investimento.

8º Afinal, o que você quer com um aquário?

Está procurando apenas um passatempo ou quer uma escultura viva? Está disposto a molhar suas mãos ou quer que alguém faça o trabalho “sujo”? Está interessando nos peixes ou quer apenas decorar o quarto de seu filho?

A principio estas perguntas podem soar como ridículas, mas todo iniciante deverá fazê-la antes de adquirir um aquário.

Nem todas lojas fornecem serviços de manutenção exterior e outras que fornecem, podem não o fazer muito bem. Dependendo do tipo de aquarista que você é, excelentes lojas com um trabalho impecável de manutenção poderá se sentir frustrada com proprietários de aquários que querem “apenas olhar seu peixe”, portanto, se você é literalmente este tipo de aquarista, procure uma boa loja e que tenha uma excelente manutenção periódica para seu tanque.

9º Olhe ao seu redor!

Olhe na lista telefônica ou internet e faça uma lista de todas as lojas de sua região. Comece a examiná-las e então faça uma “excursão” por todas elas. Gaste um ou dois dias e explore todos recursos das lojas antes que escolha a sua predileta. Há muitas variações, desde preços, atendimento, qualidade e diversidade de peixes.

10º Preços! Preços apesar de importante, não se equiparam com qualidade!

Lojas de varejo muitas vezes possuem preços mais altos que lojas virtuais ou mesmo “aventureiros”, devido a suas despesas serem infinitamente maiores e certamente quando precisar de uma ajuda, a boa loja estará lá. É sempre preferível pagar mais por peixes e invertebrados de qualidade ao comprar o mesmo peixe ou invertebrado de algum lugar mais barato com qualidade duvidosa…

Um bom aquarista…

– Trate sempre bem os funcionários (leigos ou não) e denuncie-o ao dono da loja os maus funcionários. A equipe de funcionários sempre se recordará de você de maneira positiva ou negativa, de como você se conduziu a eles ou comprou aquela mercadoria.

– Não pergunte tudo de uma vez. Muitas perguntas monopolizam o diálogo e muitas vezes desperdiça tempo desnecessariamente, seu e do lojista. Volte outro dia e continue o diálogo, certamente obterá respostas inteligentes (ou não) tornando a loja mais agradável até mesmo em outros aspectos.

– Nunca! Jamais! Bata no vidro!

– Não seja chato e cara de pau! Você encontrou a loja de seus sonhos com peixes saudáveis, aquários bonitos e uma equipe de funcionários que sempre estão dispostos a ajudar, mesmo você não gastando um mísero real na loja. Faça-os um favor, gaste alguma coisa pelo menos para usar o suporte da loja.

Enfim, seguindo alguns conceitos básicos, nosso hobby só tende a crescer. Você como aquarista cresce, as lojas crescem, e perpetuamos um hobby saudável!

Sobre Edson Rechi 747 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*