Aquário para Betta

Autor: Edson Rechi – Outubro/2014

Diga não as be(s)teiras

É bastante comum ao entrarmos em uma loja de aquário e se deparar com Bettas expostos em pequenos aquários, e não raramente em potes de maionese ou copos de água, no qual mal conseguem se mover. Talvez utilizem deste artefato por questões como falta de informações, afinal é recorrente o fato de indicarem que esta espécie vive em pequeno espaço ou simplesmente os mantém nestas condições por questões do espaço reduzido da loja.

Indiferente a esta questão e o real motivo o qual os mantém sob estas condições, passam diretamente para o aquarista uma imagem errônea de como manter o Betta em boas condições. Tanto pelo fato citado acima, como a indicação de que esta espécie poderá viver em aquários denominados como “beteiras” (pequenos aquários que raramente possuem mais que 5L).

Bettas, mesmo quando encontrados em seu ambiente natural, NÃO vivem em pequeno espaço como é comumente difundido. Apesar de possuir hábito sedentário, é um peixe que exige as mesmas condições e cuidados de um peixe ornamental comum, ou seja, exige um aquário com um mínimo de espaço, decoração e filtragem, além de alimentação especifica.

beteira-no

Meu betta está numa beteira há bastante tempo

Não duvido, afinal é uma espécie bem resistente. Mas aqui existe uma grande diferença entre viver bem e sobreviver. Já parou para pensar quanto tempo esta espécie vive em cativeiro?

Betta vive em média três anos tranquilamente quando submetido em boas condições e não raramente chega a cinco anos. Então, se você ainda tem aquela imagem de um betta solitário, vivendo num pequeno aquário, e sem maiores explicações ele morreu “do nada”. Mas em sua visão viveu até bastante tempo, afinal ficou vivo por várias semanas… Melhor rever este conceito.

Ao invés de viver por algumas semanas ou poucos meses sob estas condições, poderia viver muito mais tempo se tivesse sido mantido em melhores condições, isso inclui um aquário de porte condizente com as necessidades da espécie, entre outros detalhes que será abordado a seguir.

Qual a litragem ideal do aquário para um betta?

Primeiramente não se apegue a litragem do aquário e sim a suas dimensões. O aquário para Betta não precisa ser muito alto, mas deverá possuir boas dimensões no comprimento e largura. Um comprimento mínimo de 30cm a 40cm, além uma largura de 25cm, será suficiente para manter um macho solitário. Supondo que um aquário com estas dimensões possui altura padrão de 25cm, logo um aquário com litragem mínima próximo de 20L será ideal para manter um betta solitário.

Parque de diversões? Esqueça!

Exceto se for um aquário montado para uma criança, esqueça aquele enfeite de gosto duvidoso que vai deixar a aparência de seu aquário mais com um parque de diversões do que propriamente um aquário. Use e abuse de plantas e adornos naturais, seu aquário ficará muito mais bonito e agradável esteticamente, além do peixe ficar mais a vontade sob condições naturais.

beteira-habitat
Um dos ambientes onde Bettas são encontrados

Altura do aquário

Outra informação bastante comum é que Bettas não devem ser mantidos em aquário alto (acima de 30 cm) ou poderá literalmente morrer afogado. Esta afirmação não está totalmente correta.

Em seu ambiente natural podem ser encontrados em córregos com até 100 cm de profundidade e densa vegetação marginal. Por característica natural da espécie, ficará sempre próximo a superfície em meio as plantas indiferente da profundidade. Por esta razão deverá simular este ambiente no aquário com alguma estrutura que fique próximo da superfície.

Betta, assim como outros peixes conhecidos comumente como Gouramis, pertencem à família Osphronemidae. Uma particularidade das espécies desta família é que apresentam um órgão conhecido como labirinto, encontrado no interior da cabeça do peixe, que permite a troca gasosa via respiração aérea, ou seja, o peixe retira oxigênio diretamente do ar, além da respiração regular similar aos demais peixes.

Este órgão é uma adaptação ao habitat destes peixes, onde a água apresenta baixo nível de oxigênio. O labirinto é irrigado ricamente por vasos sanguíneos que retiram oxigênio do ar bombeando para dentro do órgão. Por este motivo é comum observar estes peixes (labirintídeos e anabantídeos) subindo até a superfície da água para respirar de tempo em tempo.

Voltando a afirmação de que se forem mantidos em aquário alto podem morrer afogados, isso só será possível se lhe for negado o acesso à superfície. Algo um tanto improvável em aquário, mesmo em aquários altos. Supondo que possua plantas altas ou adornos que cheguem próximo à superfície em seu aquário, muito provavelmente ele ficará parado a maior parte de seu tempo descansando nesta região em meio às plantas ou adornos, logo a altura não influenciará em nada em seu processo respiratório.

Se tratando de alevinos de Bettas o problema relatado poderá acontecer, primeiramente porque o labirinto do peixe não estará totalmente formado e quanto menor a altura da coluna da água mais fácil terá acesso à superfície para realizar a troca gasosa. Note que durante o processo reprodutivo o macho cria o ninho de bolhas na superfície da água justamente para facilitar o acesso das larvas à superfície.

Bettas adultos não tem problemas em aquário alto e dificilmente irão “morrer afogado”, principalmente se criar um ambiente como já relatado ao longo do artigo.

beteira-habitat4
Frequentam ambiente lêntico com águas praticamente estagnadas ou pequenos riachos

Preciso usar filtro?

Não só precisa como deve, afinal é um peixe como qualquer outro que irá gerar matéria orgânica através de sua alimentação e fezes.

Matéria orgânica em excesso tornará o ambiente tóxico para o peixe, podendo levar a contrair doenças ou mesmo sua falência em curto prazo. A função do filtro será justamente auxiliar na limpeza do aquário tornando o ambiente mais saudável.

Mas de nada adiantará possuir um sistema de filtragem e não fazer manutenção regular do filtro. A manutenção básica de um filtro consiste na troca periódica do refil ou mídia filtrante dedicada à filtragem mecânica e química, além da lavagem em água do próprio aquário das mídias dedicadas a filtragem biológica (vide cerâmicas e afins).

Filtro sem manutenção será pior do que não tê-lo no aquário, algo similar a jogar a sujeira embaixo do tapete da sala. Ela não aparecerá, mas estará ali poluindo o ambiente e o deixando mais propício ao surgimento de doenças, além do mal cheiro.

Bettas são encontrados quase sempre em ambiente com pouca ou nenhuma movimentação na água, motivo o qual o filtro não poderá ter vazão muito forte. Fluxo forte poderá causar um ambiente lótico no aquário, algo pouco apreciado pelo Betta, dificultando sua natação ou alimentação, principalmente para as variedades domésticas e suas longas caudas véu que os deixam com notória dificuldade na natação.

Temperatura

Use um bom termostato para manter a temperatura da água estável. Atualmente existe no mercado termostato de pequeno porte ideal para pequenos aquários. Deixe a temperatura regulada entre 26°C e 28°C.

Evite rações de má qualidade

Betta possui regime alimentar baseado principalmente em insetos e larvas, sua alimentação deverá ser a mais variada possível não se restringindo somente as rações.

Existe no mercado rações específicas para a espécie, sendo indicado o seu fornecimento aliado a alimentos alternativos como artêmia salina, larvas de insetos e tenébrios. Atente ainda que existe no mercado rações de “bolinha” sem rótulo que podem prejudicar a saúde de seu peixe a longo prazo. Evite este tipo de ração e de preferência por uma marca confiável.

Nunca exceda na alimentação do betta, são peixes sedentários não exigindo uma quantidade elevada de alimentos. Alimentando excessivamente haverá sobras que virarão matéria orgânica poluindo a água rapidamente.

beteira-habitat6
Típica área alagada com presença de bambus

Comportamento do betta e companheiros no aquário

Bettas de uma forma geral possuem comportamento pacífico, reservando sua agressividade a membros da própria espécie, nomeadamente entre machos. Machos são extremamente agressivos entre si, lhe conferindo o título de “peixe de briga”. Em alguns países asiáticos são bastante utilizados em rinhas onde é apostado dinheiro em brigas. Não raramente morrem os dois oponentes nestas brigas.

Apesar da fama errônea de peixe de briga, o que atribui à falsa impressão de se tratar de um peixe agressivo, outras espécies de peixes pode ser mantido junto com o Betta, desde o aquário possua tamanho suficiente para comportá-los e leve em consideração algumas ressalvas:

  • tenha peixes pacíficos
  • possuam tamanho reduzido
  • não sejam muito ativos ou rápidos
  • não possuam o hábito de mordiscar outros peixes
  • não possuam a mesma coloração (vide Lebistes e afins)
  • não fiquem preferencialmente na mesma região que o betta costuma ficar (superfície)

Algumas indicações de peixes que podem conviver com o Betta. Atente que alguns atingem um bom tamanho ou são peixes de cardume, devendo ser criado em aquário de porte médio a grande.

  • Corydoras em geral
  • Tetras como Cardinais e Rodostomus
  • Pequenos ciclídeos como Ramirezi e alguns Apistogrammas
  • Pequenos peixes algueiros como Ottos e afins
  • Pequenos ciprinídeos como Tanicts e Rasboras
  • Botias pequenas

Deve-se evitar criar junto com o Betta, espécies como:

  • Gouramis em geral como Tricogaster, Peixe Paraíso e afins
  • Poecilídeos como Espadas, Molinésias, Platis
  • Pequenos ciprínideos como Paulistinhas e Barbos em geral
  • Ciclídeos de médio a grande porte

Vale ressaltar que alguns aquaristas mantêm estas espécies com relativo sucesso junto com o Betta, porém, normalmente o aquário é grande o suficiente (150L +) para comportá-los e possui bastantes plantas altas formando refúgios e quebrando a linha de visão dos peixes. Se esta não é a condição de seu aquário, melhor não arriscar.

Há quem consiga manter dois ou mais machos nas condições citadas acima, mas cabe bastante observação, costumam ser intolerantes com a presença de outros Bettas machos no mesmo aquário.

beteira-habitat5
Comumente são criados em arrozais asiáticos propositalmente pelo ser humano

Betta em aquário comunitário

Nem sempre o aquário comunitário apresenta condições de que o Betta precisa para sobreviver, sejam pelos demais peixes que compartilharão o mesmo espaço, parâmetros ou a movimentação excessiva da água, entre outros fatores.

Se pretender criá-lo em aquário comunitário, de preferência para espécies de peixes com as características indicadas, além de atentar que o tipo da montagem do aquário seja razoavelmente compatível com a espécie. Inserir plantas altas ou de superfície, ou qualquer outro adorno, que fique próximo da superfície, ajudará a sua adaptação no aquário comunitário, além de criar uma zona de conforto para que ele passe a maior parte de seu tempo por ali.

Inspire-se

Alguns aquários para você se inspirar e montar sua “beteira” adequadamente. Boa sorte!!

beteira00

beteira00a

beteira01

beteira02

beteira03

beteira04

beteira05

beteira06

beteira07

Sobre Edson Rechi 636 Artigos

Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

27 Comentário

  1. Eu lavo meu aquário sim uma vez por mês, fica todo seboso,o meu Betta odeia filtro mesmo com saida mínima de aqua e esponja no tubo, ele não vai pra essa área, daí tirei meu aqua tem 24 litros

  2. Não possuo filtro, faço sifonagem sempre que vejo sujeira (fezes) e troco pelo menos dois litros sendo que o aqua do meu é de 6 litros. Praticamente uma vez por semana. Não tenho enfeite nenhum dentro do aquário, tenho uma flor artificial imitando vitória régia em cima de uma plaquinha de isopor de 2 cm de espessura, e mais ou menos 9×9 cm. E ele adora ficar ali em baixo. Dou aquelas bolinhas da marca Tetra. Será que está tudo ok?

    • Então Lucélia…. Eles precisam de algo para se apoiar para dormir… coloca um pedacinho de telha que sirva de toquinha, algumas pedrinhas de cascalho no fundo. Tem umas plantinhas aquaticas na flora… que ´se so colocar na água, não suja nem nada… eles adoram. Mas por favor coloca alguma coisa para ele se apoiar para dormir… Tem tantos enfeitizinhos. Vai ver como eles adoram uma Toca.

  3. Ola, você já viu alguma ideia de uma “laguinho” de 20cm de altura numa sala pra beta? Estava pensando montar um jardim de inverno e um pequeno lago artificial de +- 100cm de largura e 20cm de altura. Parabéns pelas dicas.

  4. Olá Edson, muito bom o texto e as explicações a respeito do Betta. Muito esclarecedor mesmo. Infelizmente muitos lojistas desconhecem tão a fundo o assunto. Parabéns.

  5. Oii, hj meu peixe estava com umas mini bolhas grudadas no corpo, e na planta artificial pra enfeitar o aquario ta cheio de bolhinhas tb, sao micro bomhas, bem pequenas. O que pode ser???

  6. ola est5ou eu mesma montando um laguinho de 320l e queria colocar varias especies, vc acha q dará certo?? desde já, muito obrigado pelas dicas. abraços/

  7. Tenho um betta macho e uma fêmea, estão num aquário dividido com vidro, de vez em quando parecem querer brigar… rsrs ele se abre todo e ela fica batendo no vidro e abrindo as guelras, isso é prejudicial a eles? Tenho que impedir que se vejam?
    Se fosse pra ter um aquário de uns 6 litros pra cada qual filtro me indicaria? sou iniciante

    • Ele está se “mostrando” para a fêmea. Convém impedir que tenham contato visual constante, uma vez que ele ficará cortejando a fêmea sempre. Isso pode gerar estress. Para aquário de 6 litros desconheço filtros que possam ser utilizados, muito pequeno para comportar a espécie.

  8. Ba Noite! meu filho ganhou um beta em um mini aquario, alguem conhece lojas em perdizes z/o são paulo que entenda de betas? todas que vejo são de aquarios de agua salgada….gostaria de ver plantas, aquario, filtros e tal, mas não entendo nada e só encontrei lojas de aquarismo de agua salgada

  9. Olá Edson. Sou figura pública, meu twitter é http://www.twitter.com/GbrMiT . Estou iniciando no Aquarismo, tenho um Betta em um Aquário de 10 litros, comprei um filtro Atman HF-0100, um condicionador Betta Basics e uma Racao tetra flakes (já que li que a de bolinhas é prejudicial). Fico em dúvidas se o filtro pode gerar stress e ainda não sei muito bem a regulagem.
    Alguma dica? O filtro é bom? Pode deixar meu peixe stressado? Pretendo divulgar seu trabalho, gostei muito do blog.

    • Olá Gabriel, bem vindo ao grupo. O filtro em si é muito bom, porém a vazão dele poderá gerar um forte fluxo na água. Algo pouco apreciado pelo Betta´, que prefere águas com pouco fluxo. Tente deixar a regulagem para o mínimo ou adquira um aquário de pelo menos 20 litros, desta forma terá mais espaço e consequentemente o fluxo ficará melhor distribuído.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*