Três novas espécies Melanorivulus descritos no Brasil

Três novas espécies de Killis foram descritas a partir do cerrado, segundo maior bioma brasileiro em extensão e a mais rica savana do mundo em biodiversidade.

O cerrado nacional localiza-se em três das maiores bacias hidrográficas da América do Sul, (Tocantins-Araguaia, São Francisco e Prata) o que, de certa maneira, favorece sua biodiversidade.

As novas espécies descritas são: Melanorivulus proximus, M. nigromarginatus e M. linearis.

Estes killifishes, oriundos da bacia do rio Paraná, já foram considerados como variantes de espécies polimórficas únicas. Novas espécies provavelmente serão descobertas dentro do grupo M. pictus à medida que a pesquisa avança.

As três novas espécies estão descritas em ZooKeys.

Melanorivulus proximus
Melanorivulus nigromarginatus
Melanorivulus linearis
Sobre Edson Rechi 665 Artigos
Aquarista em duas fases distintas, a primeira quando criança e tentava manter peixes ornamentais sem muito sucesso. Após um longo período sem aquários, voltou no aquarismo em 2004, desde então já manteve diversos tipos de aquários como plantado, peixes jumbo, ciclídeos africanos, água salobra, amazônico comunitário e marinho. Atualmente curte e mantém peixes primitivos e ciclídeos neotropicais, suas grandes paixões.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*